Nota de Falecimento Professora Dra Marisa Barletto – covereadora de Ourinhos

Hoje o dia amanheceu mais triste. Quem teve o privilégio de conhecer Marisa Barletto vai entender este sentimento

Por Karina Zimmermann

Marisa voltou para Ourinhos assim que se aposentou, no final de 2016, ela veio para ficar perto de seus pais, irmãs e sobrinhos, disse que não ia mais estudar e que ia aproveitar sua aposentadoria! Mas como uma mulher batalhadora que era não conseguiu ficar parada por muito tempo. Sua vida acadêmica e de luta pela educação, gênero e movimentos sociais logo se fez presente na pequena cidade.

Marisa foi graduada em Psicologia pela Universidade Gama Filho, fez mestrado em Educação pela Universidade Federal Fluminense, onde também fez doutorado. Foi estagiária de pós-doutoramento no Instituto de Estudos de Gênero na UFSC. Professora do Departamento de Educação da Universidade Federal de Viçosa, onde também foi Coordenadora do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero e coordenadora do Curso de Pós-Graduação Mestrado em Educação. Foi presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher em Viçosa-MG, onde também coordenou a Casa das Mulheres, realizando um grande trabalho com a rede, deixando lá seu legado ao enfrentamento da violência contra a mulher.

Em Ourinhos durante as eleições de 2018, conheceu pessoas engajadas nas lutas e logo estava novamente na militância. Juntou-se a um grupo onde passaram a debater sobre a situação da violência contra as mulheres em Ourinhos e juntas criaram o Coletivo 8 de Março, o Fórum de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres e em seguida se engajou com o Coletivo ENFRENTE. Sim Marisa Barletto é parte desde o nascimento do Coletivo, que surgiu com o objetivo de debater políticas públicas na cidade e que teve a ousada proposta de uma candidatura coletiva para as eleições de 2020. Venceram as eleições, Marisa se tornou covereadora, mas infelizmente não pôde sentir o gosto do mandato.

O Coletivo Enfrente, Andreia dos Santos, Camilla Zaina Drumond, Danilo dos Santos e Roberta Stopa,  expressa os sentimentos a família e agradece por todo aprendizado que tiveram com ela.

Marisa mulher guerreira, militante do Partido dos Trabalhadores, uma brava grande mulher deixa mãe, irmãs, sobrinhos, além de mulheres e homens que seguirão na luta por injustiças que ela tanto combatia!

 

[Nota da Redação] A professora Marisa faleceu durante o tratamento de um câncer.

[Nota da Redação 2] A equipe do Jornal Contratempo também aproveita para expressar os sentimentos de pesar.

 

 

Rafael Dantas

Editor e fundador do Jornal Contratempo, geógrafo e entusiasta da mídia colaborativa.