Sindicato sai em defesa dos servidores e Projeto do Abono Natalino é aprovado

Em atendimento à reivindicação do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e Autárquicos de Ourinhos e Região (SINSERPO) e ao acordo homologado pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, a Câmara Municipal de Ourinhos aprovou na noite de segunda-feira, 27, em sessão extraordinária, o Projeto de Lei que autoriza os servidores públicos municipais a receber do Poder Executivo até o próximo dia 30 de novembro, a Gratificação de Natal no valor de R$ 100,00.

O abono de Natal é uma reivindicação do SINSERPO, deliberado e aprovado pela categoria em assembleia. O benefício, que consta na pauta da Campanha Salarial de 2017, foi negociado com o Poder Executivo mediante o movimento grevista e foi posteriormente homologado em audiência de conciliação junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Sindicato sempre atento

Antes de o Projeto de Lei ser votado, houve a necessidade da elaboração de uma emenda orientada pela direção do SINSERPO, que apontou uma falha no texto original enviado pela Prefeitura, que informava que o abono seria pago no mês de dezembro, contrariando o acordo que obriga o pagamento até o dia 30 de novembro. A sugestão foi acatada e a emenda aprovada pelos vereadores.

Vale destacar que com o pagamento do abono de Natal, o Poder Executivo cumpre parcialmente o acordo homologado no Tribunal de Justiça do Estado São Paulo.

O presidente do SINSERPO, Edinilson Ribeiro, o Biguá, destacou a importância do Abono de Natal para os servidores. “Esse abono foi aprovado em assembleia e acredito que, no atual momento econômico, é um valor que chega para agregar ao bolso do servidor. É um recurso que pode complementar as compras de Natal. Com certeza, vamos lutar para que esse valor seja reajustado para os próximos anos, pois os servidores merecem essa valorização”.

Presidente do SINSERPO, Edinilson Ribeiro

 

Comentários no Facebook