Chicha…A cerveja cuspida!

Se trata de um processo genuinamente artesanal, sem riscos, uma vez que a fervura elimina qualquer possibilidade de transmissão de bactérias nocivas.

Sério Eduardo? Cerveja cuspida? Pois é caro leitor. A chicha é uma cerveja originaria dos povos pré-colombianos da América andina que resulta de um processo antigo e do termo chicab – que significa milho entre os nativos da região do Panamá. A bebida sendo consumida em grande quantidade nos rituais religiosos.  Mas antes, vamos parar para pensar. De acordo com o papai Google definimos cerveja como “bebida alcoólica obtida por meio da fermentação do malte de cevada, ou de outros cereais, e aromatizada com flores de lúpulo…”. Nesse caso, vamos desconsiderar o lúpulo.

 

Ainda hoje os peruanos produzem a chicha da mesma maneira que seus ancestrais.

A nossa chicha se enquadra na definição uma vez que é feito com milho orgânico roxo (amarelo também pode), morango e pimenta. O milho é mascado e cuspido em uma tigela. Em seguida é fervido e depois passa por um processo de fermentação antes de ser servido. Em algumas regiões os nativos pisoteavam o milho ou se ajoelhavam sobre ele como oferendas aos deuses. Tá, mas por que mascar? E só as mulheres? Sim!  A exclusividade das mulheres se dá em virtude do maior teor de amílase, enzima presente na saliva para quebrar o amido – processo que substitui a malteação que ocorre no mosto.

O legal é que temos uma versão brasileira! Nativos brasileiros produzem uma bebida semelhante conhecida como cauim, fermentada a a a partir da mandioca e que segue o mesmo processo de elaboração.

Hoje a receita tem sido importada pela empresa Dogfish Head Brew, uma micro-cervejaria norte-americana que se especializa em cervejas exóticas. Lançaram em 2009 uma recriação da tradicional chicha  – a Dogfish Head Chicha – com novas remessas em 2010 e 2014.  Infelizmente não teremos acesso em terras tupiniquins. De acordo com os fabricantes, se trata de uma cerveja “seca, frutada (morango, né?), complexa e refrescante”.  Veja o processo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=Fcf8WUB33hg

 

 

 

 

 

Eduardo Devai

Eduardo Devai é professor de Geografia na rede pública e privada e psicopedagogo e aficionado em cervejas.