Anjos de Maria

Dias atrás tive a oportunidade de conhecer um pouco do Grupo Anjos de Maria, seu trabalho e seus participantes.

Acompanhei um dia de trabalho na cozinha da Paróquia Santuário de Nossa Senhora do Vagão Queimado, em Ourinhos.

Com o inverno se aproximando, a condição das pessoas em situação de rua, ou em situação de risco, ficam mais precárias. Levando o lema cristão de se fazer o bem sem olhar a quem, este grupo vem ajudando com muito amor a alimentar a esperança na humanidade.

Confira um pouco da história deles pelas palavras de Cleusineia, uma das integrantes do Anjos de Maria.

 

 

Como surgiu a ideia, ou necessidade de criar o Grupo Anjos de Maria?

Bom, a necessidade veio de cada um de nós mesmos. Primeiramente foram quatro casais, que em um churrasco de amigos, em uma conversa, resolveram fazer alguma coisa para ajudar. Era mês de Julho, fazia frio.

Na semana seguinte se juntaram e fizeram 30 refeições e foram para a rua, esse era o intuito, durante as entregas acabaram por encontrar outro grupo fazendo entregas também, o grupo era o Maria Esperança, foi aí que se organizaram e definiram padronizar sempre as terças feiras.

Como somos amigos, aderi a ideia com uma prima minha que faz parte, somos da primeira equipe, eu e Ana Maria mais três casais que são: Marilia e Edson, Iolete e Edinaldo, Josiane e Erivelson.

Agora temos mais voluntários como você conheceu: Lucia, Yeda e Leodinéia.

 

 

Como escolhem e a quem o grupo atende?

Das famílias que atendemos, começamos com algumas que o outro grupo atendiam, algumas que nos procuraram também, ou nos indicaram.

Hoje são 19 famílias, e com a inauguração do Centro Pop[1], diminuímos as entregas nas ruas, mandamos para lá as refeições.

São em média de 50 a 60 refeições para o Pop, para ajuda-los a resgatar as pessoas em situação de rua.

 

 

Como as pessoas que se interessarem podem ajudar?

As pessoas podem nos ajudar no facebook[2], na nossa página, ou levar doações no X Popy[3], antigo Popeye, ou na Tabacaria São Lucas[4], onde trabalho.

Nunca podemos deixar de citar a Casa de Carnes Timburi[5], que nos ajuda toda semana com doação de carne desde o começo, ele é nosso parceiro fiel.

 

 

Vamos completar 1 ano agora em Julho, estamos muito felizes, porque no começo fazíamos as refeições na casa da Josi, no quintal dela, o Frei Miro nos concedeu a cozinha da igreja há mais ou menos 5 meses. Estamos muito felizes lá.

 

 

 

[1] Rua Celestino Lopes Bahia, 2.041, Vl. São Luiz – Tel (14) 3326-5348

[2] https://www.facebook.com/maria.anjos.583671

[3] Av. Domingos Camerlingo Caló, 1905 – Tel (14) 3322-6235

[4] R. Maurício Biondo Neto, 193-245 – Tel (14) 3324-9476

[5] R. Maurício Biondo Neto, 470 – Tel (14) 3326-2791