Paulistas marcam presença em plenária comerciária da UGT

motta_fotoO presidente da Fecomerciários e da UGT/SP, Luiz Carlos Motta, fez contundente pronunciamento, no ultimo dia 23, em Florianópolis (SC), na abertura da 4ª Plenária Nacional dos Dirigentes Sindicais Comerciários filiados à Central. Para uma plenária formada por cerca de 300 pessoas e ao lado do presidente da UGT Nacional, Ricardo Patah, e do presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC), Levi Fernandes Pinto, entre outras lideranças, Motta frisou: “A forte presença dos comerciários paulistas na 4ª Plenária Comerciária da UGT demonstra nossa determinação para resistir à quebra de direitos e fortalecer nossas mobilizações por emprego e salário dignos”. A Plenária está sendo transmitida, ao vivo, pelo portal da UGT, disponível em www.ugt.org.br.

O anfitrião do evento é o presidente da UGT/SC, Waldemar Schulz (Mazinho) que ressaltou: “Temos a responsabilidade de  representar toda a categoria, mas para a reflexão de todos, a organização da classe trabalhadora passa por momentos complicados, de ataques severos que visam precarizar e enfraquecer toda sua estrutura. Por isso, é preciso permanecer unidos”.

Resistência

Motta também destacou que, neste momento de crises que assola o Brasil, a forte presença dos comerciários paulistas na 4ª Plenária demonstra a determinação da categoria em resistir à quebra de direitos e fortalecer suas mobilizações por emprego e salário dignos. São mais de 50 sindicatos comerciários do Estado de São Paulo presentes. A Plenária iniciada nesta quarta-feira, 23, segue até a próxima sexta-feira, 25, com discussões em torno do tema: “Agenda dos comerciários frente às mudanças na economia: ameaças e oportunidades”.
Seu o objetivo é debater os principais temas que envolvem a categoria, como o avanço do comércio eletrônico, que ameaça aos empregos do setor. “Contaremos com palestras sobre vendas on-line, redes sociais e a precarização do movimento sindical”, explica Patah. Ele observou, ainda, que o futuro da categoria, frente ao cenário atual, como o aumento do uso da internet para realizar compras em grandes varejistas,  pode causar desemprego no comércio. “É importante, para nós, ter a sensibilidade de compreender o que está acontecendo e buscar alternativas para vencer as adversidades que se apresentam”.

Além de Motta, Patah, Levi e Mazinho, compuseram a mesa de trabalho:

– Severino Ramos, vice-presidente nacional.

– Regina P. Zagretti, secretária nacional da Mulher.

– José Cloves Rodrigues, secretário nacional do Comércio.

– José Gonzaga da Cruz, o secretário nacional do Comerciário.

– Gustavo Triani, diretor regional da Uniamericas, além dos presidentes das Federações dos Comerciários dos estados do Pará, Vicente da Silva; Paraná, Márcio Fatel; e da Bahia, José Francisco Pantoja.