Câmara aprova a criação do Conselho Municipal do Bem-Estar Animal de Ourinhos

A defesa dos animais ganhou mais força no município. Foi aprovado durante a 33ª Sessão Ordinária, realizada ontem 02, o Projeto de Lei nº82/2017, que cria o Conselho Municipal do Bem-Estar Animal de Ourinhos (COMBEA). A iniciativa contou com o apoio do Presidente Alexandre Dauage “Alexandre Zoio” (PRB), que desenvolve há anos um importante trabalho pela causa animal.

O COMBEA vai atuar na proteção e defesa dos animais, quer sejam os chamados de estimação ou domésticos, bem como os animais da fauna silvestre, também na conscientização da população sobre a necessidade de se adotar os princípios da posse responsável e proteção ecológica dos animais, além da defesa dos animais feridos e abandonados.

“A criação do Conselho é um marco para a defesa animal em Ourinhos. Agora, o poder público poderá desenvolver políticas para a área de forma organizada e eficiente. Tenho trabalhado pela causa há muto tempo e gostaria de parabenizar o Prefeito Lucas Pocay por ter nos dado abertura para mostrarmos a importância dos animais”, contou o presidente Alexandre.

O Conselho Municipal do Bem Estar Animal será composto por 12 membros voluntários, sendo 3 representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico Sustentável, 01 representante da Secretaria Municipal de Saúde, 01 representante do Gabinete do Prefeito, 01 representante do Conselho Municipal da Saúde, 02 representantes de Associações Protetoras dos Animais de Ourinhos – ADAO, 01 representante da Associação de Médicos Veterinários de Ourinhos, 01 representante biólogo da Sociedade Civil, 01 representante da Polícia Ambiental, 01 representante indicado pelo Poder Legislativo.

O COMBEA também ficará responsável pelo desenvolvimento de campanhas de conscientização, incentivo a adoção responsável e preservação das espécies da fauna silvestre. “Junto com o conselho, também aprovamos a criação do Fundo do Bem-Estar Animal, o FUMBEA, que objetiva a captação e repasse de recursos para o desenvolvimento de projetos visando a proteção e preservação da saúde animal”, finalizou Alexandre.

Informações assessoria de imprensa Câmara Municipal de Ourinhos

Comentários no Facebook