Vereadores apresentam denúncia ao MP contra Gestão Lucas Pocay

Segundo denúncia ao MP, nenhuma das ações do Plano Municipal de Saneamento foram realizadas pela gestão Lucas Pocay

Os vereadores Edvaldo Lúcio Abel (PSDB) e Flávio Luiz Ambrozim (MDB) apresentaram ao Ministério Público de Ourinhos, uma denúncia que tem como alvo o prefeito Lucas Pocay (PSD).

Segundo a denúncia, o tratamento e distribuição de água na cidade acabou atingindo o colapso verificado nos últimos meses por conta do não cumprimento do Plano Municipal de Saneamento Básico – PMSB (veja imagem ao lado) , que foi aprovado em 2016.

O Plano tem um cronograma de investimentos e ações que, ainda segundo a denúncia, caso fossem postos em prática teriam livrado a população de todos os inconvenientes relacionados à falta d’água. A denúncia também ressalta que o plano foi feito por uma empresa privada, ou seja, gerou custos para o município e, mesmo assim, foi “descartado” pela atual gestão.

A prefeitura, por sua vez, nega que os problemas relacionados à crise hídrica em Ourinhos sejam resultado direto de decisões da administração atual: por várias vezes o prefeito Lucas Pocay se pronunciou dizendo que, embora houvesse um Plano, não havia nenhum dinheiro para que ele fosse posto em prática e que a falta de investimento dos governos anteriores acabaram por agravar a situação do sistema. Ainda segundo Pocay, as ações tomadas pelo atual governo (instalação de macromedidores, início das obras de 3 poços artesianos e ações estruturais) irão “de forma responsável” resolver o problema da falta d’água.

Ações e investimentos que deveriam ter sido executados pela gestão Lucas Pocay

 

Comentários no Facebook