Mais um secretário pode deixar o governo Belkis

Segundo publicou o Jornal Tribuna Ourinhense na edição deste final de semana (09/01), mais um secretário deve deixar o governo da prefeita Belkis Fernandes para se candidatar ao cargo de vereador nas eleições de outubro deste ano. O mesmo jornal já havia antecipado anteriormente a saída de Evaldo Pereira Santos (Esporte) e Fernando Cavezale (Cultura) pelo mesmo motivo, desta vez trata-se do atual Secretário de Desenvolvimento Econômico José Claudinei Messias.

Messias é tido como homem-forte do governo Belkis, além disso preside o diretório municipal do PMDB, partido da prefeita. Já foi foi vereador por três vezes e chegou a presidir a Câmara Municipal antes de tomar posse como secretário.

Nem tudo são flores

Apesar da experiência política e de estar no alto escalão da prefeitura, cargo que lhe projeta na cena política local, Messias, além de convencer os eleitores, deve enfrentar uma batalha jurídica para chegar ao legislativo. Segundo reportagem do Jornal Novo Negocião (Leia matéria completa aqui: edição do dia 28/11/15) o Tribunal de Justiça manteve as condenações a ele e do ex-vereador Osvaldo Barbosa por irregularidades cometidas durante os mandatos na presidência da Casa de Leis. Esta pendência na justiça devem dar trabalho para seus advogados e cabos eleitorais.

Não para por aí

As “deserções” podem aumentar com o passar dos dias, outros secretários vislumbram no processo eleitoral uma forma de se potencializar para uma futura gestão, é caso da Secretária Municipal de Educação Maria Tereza Paschoal de Moraes e o titular da pasta dos Serviços Urbanos, Edson Carnevalle. Ambos concorreram à Câmara no último pleito e obtiveram votações expressivas.