Coletor da SAE salva a vida de filhote abandonada em saco de lixo

A maldade humana por vezes não tem limites. Na segunda-feira, 21 de agosto, o coletor de lixo domiciliar Reginaldo Pires estava fazendo a coleta de resíduos no bairro Jardim Josefina, por volta das 9 horas da manhã. Seria mais um dia normal de trabalho se ele não tivesse ouvido barulho de choro vindo de um dos sacos de lixo. O coletor conta que chegou a achar que era um bebê abandonado, mas ao abrir o saco se deparou com uma linda filhotinha de cachorro.

Imediatamente os coletores e o motorista do caminhão foram buscar ajuda de algum protetor que pudesse acolher e cuidar da cadelinha. A protetora Nilce Araújo foi quem encaminhou a filhote para os cuidados do veterinário Maurício Ribeiro dos Santos, posteriormente ambos fizeram um Boletim de Ocorrência para alertar a polícia sobre o fato e indicar os maus tratos que a cadelinha sofreu.

Veterinário Maurício Ribeiro cuida da cadelinha Bela

Graças à rapidez dos coletores em ajudar e, também, da atuação da Nilce e do veterinário Maurício, a cachorrinha já está tratada e foi destinada para adoção responsável. Segundo o Dr. Maurício, a filhote recebeu o nome de Bela e já ganhou um novo lar, que irá recebê-la com muito amor e carinho. Além disso, o veterinário explicou que Bela não tinha sinais de machucados e nem doenças, segundo constatado via exames. Ela teve um ligeiro quadro de hipotermia, mas logo se recuperou com os cuidados da clínica do Dr. Maurício.