Comerciários de Supermercados e Sacolões conquistam reajuste salarial de 9,15%

mota_bruza
Presidente da Fecomerciários Motta e presidente do Sincomerciários de Ourinhos Bruzarosco

Foi firmado no último dia 02,  o Acordo Coletivo de Trabalho que reajusta em 9,15%  os salários dos empregados em Minimercados, Mercados, Supermercados, Sacolões e empresas de gêneros alimentícios  de Ourinhos e região. O Acordo também mantém todas as clausulas econômicas reajustadas e as sociais da convenção coletiva anterior. 

O acordo foi firmado após longa negociação iniciada em abril deste ano e repõe as perdas inflacionárias do período de outubro de 2015 a setembro de 2016. Ele é retroativo a data base da categoria que é dia 01/10/ 2016 e os empregados devem receber o 13º salário e salário de dezembro com reajuste.

Devido a demora do patronal em conceder o reajuste, os comerciários da categoria vinham recebendo os salários sem reajuste desde outubro o que acumulou diferenças de dois meses e essa diferença deverá ser paga aos funcionários pelas empresas junto com os salários de janeiro e fevereiro de 2017, já que o salário de dezembro de 2016 e 13º salário pelo acordo devem ser pagos com o reajuste firmado entre os sindicato de empregados e patronal, alertou Bruzarosco que é presidente do Sincomerciários de Ourinhos e membro da comissão de negociação da Fecomerciários que tem Motta como presidente.

O maior salário foi firmado em R$ 1.410,00 (um mil e quatrocentos e dez reais) para operadores de caixa de empresas com mais de 20 empregados e o menor salário foi de R$ 953,00 (novecentos e cinquenta e três reais) para empacotadores. Todos os pisos salariais que devem ser praticados pelas empresas a partir de 1º de outubro estão destacados no quadro demonstrativo.

tabela_comerciarios