CPI da SAE ganha mais uma assinatura e é aprovada na Câmara dos Vereadores

Na segunda-feira, 25, o vereador Flavinho do Açougue, durante a sessão da Câmara dos Vereadores, apresentou novamente o Requerimento de nº. 688/2019 que solicita a constituição de CPI (comissão parlamentar de inquérito) da SAE – Superintendência de Água e Esgoto de Ourinhos. A proposta foi aprovada nesta sessão, após ganhar a assinatura do vereador Caio Lima.

Para a instauração de uma CPI, são necessárias as assinaturas de 1/3 (um terço) dos parlamentares, ou seja, dos quinze vereadores ourinhenses, cinco precisavam concordar com a instauração da comissão parlamentar de inquérito.

A proposta da CPI surgiu no início de janeiro como uma investida do trio de vereadores da oposição do prefeito — Dr. Salim, Vadinho e Flavinho do Açougue — e ganhou dois adeptos da base aliada de Lucas Pocay — Carlinhos do Sindicato e Caio Lima — nas duas últimas sessões da câmara.

No ano passado, na instauração da “CPI da Cultura” o mesmo cenário aconteceu. A CPI foi proposta pelos vereadores da oposição, contrariada pelos vereadores da base aliada por algumas semanas e aprovada posteriormente com o apoio das assinaturas de Carlinhos e Caio, contrariando o placar de 12×3 da câmara de Ourinhos.

A instauração da CPI da SAE tem a pretensão de averiguar e fiscalizar prováveis irregularidades da SAE, como a constante falta de água em quase todos os bairros de Ourinhos, os valores abusivos das tarifas de água e esgoto, a possível cobrança de ar nos medidores de água e a apuração do áudio gravado de conversas entre a diretoria e funcionários durante uma reunião da superintendência.

As divergências entre cargos de confiança e cargos efetivos na SAE, a possível compra de peças de má qualidade, a falta de material e infraestrutura para os funcionários trabalharem, o fechamento de registros de regiões sem necessidade e a perseguição à funcionários efetivos que não concordam com os métodos de trabalho utilizados pela chefia também deverão ser apurados e esclarecidos pela CPI.

De acordo com o sorteio realizado durante a sessão, a CPI da SAE será formada por sete vereadores: Carlinhos da Lambo, Ari da Autoescola, Anísio Felicetti, Alexandre Zóio, Carlinhos do Sindicato, Cido do Sindicato e Sargento Sérgio.

O prazo de funcionamento da CPI será de 180 dias.

 

Eduarda Schuh

21 anos e ourinhense de coração. Estudante de Jornalismo na UNESP de Bauru. Aspirante a jornalista há algum tempo. Buscando um caminho para um mundo mais justo há ainda mais tempo. Contra qualquer tipo de exclusão e elitização, escrevo para quem precisa entender. Feminista e progressista, procurando os erros e acertos.