Crescente onda de criminalidade preocupa cidadãos e autoridades ourinhenses

Nos últimos meses cresceu o número de furtos e assaltos a mão armada em Ourinhos

A falta de segurança em Ourinhos está causando preocupação em todos os moradores da cidade. Comerciantes e empresários reclamam que a repentina onda de assaltos prejudicam às vendas e, consequentemente, a geração de empregos aos moradores.

Só em janeiro deste ano já ocorreu assaltos em joalheria, pizzaria, fábrica de roupas, sem contar os inúmeros furtos ocorridos na calada da noite!

No final de 2017 um assalto numa franquia da Hinode chocou a população, a abordagem dos criminosos contou com um ataque a mão armada. Um funcionário foi atingido com uma coronhada na cabeça.

A pergunta que não quer calar é: o que tem causado esse aumento tão repentino de crimes? Ourinhos não é a única cidade passando por estes maus bocados. Toda a região tem registrado aumento de casos semelhantes aos ocorridos por aqui. Seria a grande culpada a crise instalada em nosso país? A falta de emprego assola a população e, após o golpe contra a Presidenta Dilma, muita coisa degringolou. Tivemos a pior Reforma Trabalhista e aumentos absurdos em contas e produtos, principalmente em itens essenciais à vida como a gasolina e o gás de cozinha.

O Contratempo quer saber, qual sua opinião sobre o assunto?