Dívida Pública de Ourinhos é menor do que de cidades do Oeste Paulista

O prefeito Lucas Pocay tem se negado as reivindicações salariais dos servidores públicos municipais em 2017. Segundo o prefeito, a principal razão seria o elevado endividamento recebido da gestão passada.

No entanto, os dados encaminhados pelas prefeituras ao Siconfi (Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro) mostram um nível de endividamento menor do que cidades como Bauru, Araçatuba e Jaú.

O último dado disponível para Ourinhos é de uma relação entre a Dívida Consolidada e a Receita Corrente Líquida de 24,70%. A importância desse indicador é que ele ajusta o nível de endividamento de cada cidade ao tamanho de suas receitas.  O mesmo número para Araçatuba é 37,98%, para Bauru é 33,27% e para Jaú de 36,56%.

Outras importantes cidades do Oeste Paulista apresentam nível de endividamento similares ao de Ourinhos como Marília (23,97%), Presidente Prudente (20,93%) e Avaré (17,82%).