Em Ourinhos, mais um terreno abandonado vira horta comunitária

Nesta quinta-feira, 01, os usuários do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) I, na Vila São Luís, participaram de uma palestra educativa em prol do planejamento de uma nova horta comunitária para Ourinhos.

A palestra é a primeira etapa da horta e uma iniciativa para conscientizar os participantes sobre a importância da ocupação popular de terrenos abandonados. Quem conduziu a aula foi o professor do curso de Geografia da UNESP Ourinhos, Edson Piroli.

O terreno, onde a horta será instalada, foi cedido pela Secretaria de Meio Ambiente para o CRAS. O solo do local já foi carpido e arado e já está pronto para o uso. Em breve, a horta começará a tomar forma.

Na Vila São Carlos e no Recanto dos Pássaros, já existem hortas comunitárias projetadas pelas unidades do CRAS; o objetivo é estender o projeto para recuperar outros terrenos que estão em desuso ou em situação de abandono e consolidar as áreas ocupadas por plantio. Em longo prazo, a meta é tornar os participantes autônomos e popularizar o conhecimento sobre agricultura e hortas.

A iniciativa promove sustentabilidade, consciência ambiental, produz alimentos saudáveis e integra a comunidade – nos bairros onde a vulnerabilidade social é alta, projetos como este têm, ainda, responsabilidade no combate das consequências das desigualdades sociais.

 

Eduarda Schuh

21 anos e ourinhense de coração. Estudante de Jornalismo na UNESP de Bauru. Aspirante a jornalista há algum tempo. Buscando um caminho para um mundo mais justo há ainda mais tempo. Contra qualquer tipo de exclusão e elitização, escrevo para quem precisa entender. Feminista e progressista, procurando os erros e acertos.