Justiça Federal fecha praça de pedágio da divisa Ourinhos/Paraná

Nesta quinta-feira, 22, a Justiça Federal determinou o fechamento da praça de pedágio da concessionária Econorte em Jacarezinho. Também foram determinados o início as da construção do Contorno Norte de Londrina, a redução em 26,75 % dos preços das tarifas nas outras praças da concessionária Econorte e o bloqueio de R$ 1 bilhão da empresa.

Pela ação movida pelo Ministério Público Federal com o apoio do Governo do Estado do Paraná, a determinação foi realizada pelo juiz Rogerio Dantas Cachichi, da 1ª Vara Federal de Jacarezinho (PR). A decisão da Justiça Federal de Jacarezinho é consequência do decreto do governo do estado que promoveu a intervenção administrativa nos pedágios do Paraná, após investigações da Operação Lava Jato.

O deputado federal ourinhense, Capitão Augusto, gravou um vídeo para as redes sociais comemorando a vitória na luta para o fim do “pedágio mais caro do Brasil”. Capitão Augusto há alguns anos faz parte das reivindicações para o fim do pedágio da divisa Ourinhos/Paraná e afirma, no vídeo, que há “fortes indícios” de corrupção envolvendo a concessionária Econorte.

Link do vídeo no Facebook: https://bit.ly/2DTLIxl

O pedágio ainda está funcionando; os administradores da praça afirmaram que não foram notificados para abrir, definitivamente, as cancelas.

Eduarda Schuh

20 anos e ourinhense de coração. Caloura de Jornalismo na UNESP de Bauru. Aspirante a jornalista há algum tempo. Buscando um caminho para um mundo mais justo há ainda mais tempo. Contra qualquer tipo de exclusão e elitização, escrevo para quem precisa entender. Feminista e progressista, procurando os erros e acertos.