Ourinhos inaugura projeto da rede Cinépolis: cinemas de alto padrão para cidades de médio porte populacional

Na noite de ontem, quarta-feira, 07, as salas de cinema do Cinépolis do Ourinhos Plaza Shopping abriram as portas e exibiram o primeiro filme para os convidados da festa de estreia e divulgação da filial ourinhense. Nesta quinta-feira, 08, o cinema iniciou os seus serviços para todo o público.

A Cinépolis é uma empresa mexicana, inaugurada no Brasil no ano de 2010. Hoje, no nosso país, a multinacional conta com 56 complexos de cinema, em 38 cidades, de 20 estados, nas cinco regiões brasileiras.

A convite da empresa, entrevistamos o presidente da Cinépolis Brasil, Luiz Gonzaga Assis de Luca, em uma conversa sobre as impressões e as intenções para com Ourinhos. De acordo com o líder da multinacional, a chegada na nossa cidade faz parte de uma iniciativa de levar os cinemas da rede, com o padrão de qualidade dos grandes centros, aos municípios de “cento e poucos mil habitantes” e aos interiores do país. Para isso, a empresa fez uma pesquisa e mapeou as cidades com potencial para a instalação dos complexos de cinema; Ourinhos foi o primeiro município a receber a concretização a ideia.

“Ourinhos é uma cidade onde se percebe pungência. Aqui, além de uma localização privilegiada, com várias cidades menores ao redor, têm muitos estudantes e um perfil sociocultural e econômico muito forte”, explicou o presidente da Cinépolis.

Sobre a programação, a discussão entre filmes legendados versus dublados e a reprodução de criações menos populares, foram esclarecidas as dúvidas. Da mesma forma dos demais cinemas da rede, o cinema de Ourinhos receberá todas as produções dos grandes estúdios, com as mesmas datas de estreia. No entanto, cada unidade tem a responsabilidade de estudar a demanda e interesse dos clientes: se determinado filme atrair mais espectadores em Ourinhos do que em Marília, por exemplo, o filme ficará mais tempo em Ourinhos do que na outra cidade. E a mesma lógica funciona para decidir o oferecimento de sessões dubladas ou legendadas. Assim como a oferta de filmes alternativos (menos famosos, de estúdios menores), irão de acordo com a demanda. Mas uma coisa é garantida: o Cinépolis trabalha com diversidade de programação – a rede procura oferecer variedade sempre que possível para agradar os vários tipos de espectadores.

Sobre o Shopping – O shopping Ourinhos Plaza é o centro das atenções dos últimos tempos na cidade. O presidente da Cinépolis afirmou que está no projeto desde o início. “O shopping, que é um shopping que está iniciando, era pra ser um ‘power center’ [power centers têm a área acima de 10.ooo m² e shopping centers acima de 25.ooo m²], mas outras lojas viram potencial aqui e investiram […] em um ano, isso aqui estará lotado e eu não dou três anos para ter que aumentar o shopping”, afirmou Luiz Gonzaga de Luca.

O novo cinema de Ourinhos tem quatro salas tradicionais, totalizando 741 lugares, sendo 724 lugares numerados e 17 vagas para cadeirantes. As quatro salas têm projeção digital, sendo duas 3D e duas 2D, formato stadium, poltronas reclináveis, braço removível (tipo namoradeira) e óculos 3D em tamanho infantil e adulto.

Em comemoração a inauguração do novo complexo da Cinépolis, a rede fará uma promoção em que o público de Ourinhos poderá assistir aos filmes, em qualquer sessão, com ingressos a partir de R$ 8,00. A promoção é válida de segunda a quarta-feira, em todas as sessões e todos pagam o valor da meia entrada (os valores das entradas variam de acordo com as salas de cinema).

 

Eduarda Schuh

21 anos e ourinhense de coração. Estudante de Jornalismo na UNESP de Bauru. Aspirante a jornalista há algum tempo. Buscando um caminho para um mundo mais justo há ainda mais tempo. Contra qualquer tipo de exclusão e elitização, escrevo para quem precisa entender. Feminista e progressista, procurando os erros e acertos.