Partido dos Trabalhadores realizará eleições internas no dia 8 de setembro

O PT – Partido dos Trabalhadores realizará o PED – Processo de Eleições Diretas no próximo dia 8 de setembro. De acordo com o Coordenador da Macro-Região Assis-Marília-Ourinhos, o ex-vereador Antonio Amaral Junior, o Toninho do PT, trata-se do início da definição dos presidentes e membros dos diretórios, comissões de ética e conselhos fiscais, que irão ocupar seus mandatos para os próximos 4 anos.

Neste primeiro momento, filiados e filiadas irão votar para eleger de forma direta, presidentes, dirigentes locais, coordenadores e membros das macros-regiões. Ao mesmo tempo, votarão para chapa de delegados estaduais e nacionais, que irão participar dos respectivos Congressos, onde irão eleger os presidentes estaduais e nacional, bem como os demais dirigentes. Da mesma forma, irão definir as teses que guiarão o partido para o próximo mandato.

O ourinhense e atual coordenador da macro-região, Toninho será candidato, novamente, representando o grupo CNB – Construindo Novo Brasil, que tem em Lula sua principal liderança. Ele lidera a chapa denominada “Brasil Soberano, Democrático e Popular, Lula Livre!!!” Esta chapa conta com a participação de 56 membros, representando praticamente todas as 30 cidades que irão participar do PED.

¨Decidi ser candidato de novo, por contar com amplo apoio na base que represento e com a confiança da coordenação estadual da CNB, Mas, não conta somente com pessoas da nossa corrente, convidei e contamos com a participação de membros de outras correntes e de independentes”, afirmou o Toninho.

O candidato a presidente do partido em Ourinhos será o advogado Kleber Mauricio Mariano. Ele é candidato único e, automaticamente, irá suceder o atual presidente Mário Ferreira, que tem liderado o PT de Ourinhos nos últimos dois mandatos.

“O Kleber é um companheiro idealista que tem muita qualidade e disposição para bem representar o PT, e conta com total apoio meu, do Mário e da companheirada de Ourinhos, que tem se mantido unida nas últimas eleições internas e continuará nesta, também, compondo chapa única. É muito importante o partido ter unidade, sempre, e ainda mais agora, nestes últimos tempos, em que temos sofrido terrivelmente com campanhas sujas, mentirosas e perseguições por parte não só dos adversários políticos, mas sobretudo a quem eles representam, a elite econômica nacional e internacional, em parceria com setores da grande imprensa, do Ministério Publico e do Judiciário”, finalizou o Toninho.