Prefeito de Ourinhos anuncia corte de 200 cargos comissionados

lucas-pocay-1O prefeito de Ourinhos anunciou, no primeiro dia de trabalho, que vai cortar 200 cargos de confiança na administração municipal. Lucas Pocay disse que se espantou com o tamanho do rombo na prefeitura. Segundo ele, o valor da dívida chegaria a R$ 77 milhões.

Na segunda-feira (2), Pocay conversou com moradores e fez diversas reuniões com o secretariado para discutir a dívida pública deixada pela administração anterior. Segundo o prefeito, a situação financeira do município é preocupante. “É bem mais difícil trabalhar com um défict, então a gente tem que contar com todos os demais servidores, para que possamos junto trabalhar na economia, nós vamos economizar muito, aqui os gastos que estão sendo feitos de forma superflua. Isso foi uma determinação feita para todo o secretariado para que a gente possa fazer as ações que toda a população espera.”

O prefeito disse ainda que no início do governo serão feitos cortes de despesas, o que trará mais impacto será na extinção dos cargos de confiança que são aqueles indicados pelo executivo. Para isso, um projeto de lei será enviado para Câmara, se aprovado a expectativa é economizar R$ 400 mil por mês. “Eu quero fazer até o décimo dia útil aqui para que nós possamos finalizar todos os procedimentos, tramitação para que possamos colocar em análise da Câmara, colocando como prioridade e urgência da nossa administração.”

A ex-prefeita de Ourinhos, Belkis Fernandes, informou em nota que há um equívoco em relação aos dados divulgados. Segundo o texto, a dívida se refere ao PAC, o Programa de Aceleração do Crescimento, contraída em 2009 e que vai ser paga em 20 anos. Ela esclarece que as parcelas estão em dia. A ex-prefeita diz ainda que deixou saldo bancário positivo de cerca de R$ 27 milhões.

Fonte: G1