Presidente da Câmara Municipal de Ourinhos é alvo de denúncias por gastos supostamente abusivos

Na última sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Ourinhos, o parlamentar Santiago de Lucas (PSC) denunciou uma lista de gastos contraditórios realizados pelo presidente da câmara, Enfermeiro Alexandre (PSD). Dentre os gastos, estava a contratação de um projeto de reforma, sem a realização de licitação, no valor de R$21.820,00.

De acordo com o relatório de Santiago (PSC), o presidente do Poder Legislativo de Ourinhos, contratou os seguintes serviços em nome da Câmara Municipal:

-O projeto de R$21.820, com dispensa de licitação – prática permitida em situações pontuais que exigem um atendimento rápido e eficaz, respeitando a moralidade e o princípio da isonomia – no entanto, de acordo com o vereador Santiago, o presidente contratou um colega para executar o projeto de reforma.

-A pintura de uma sala da Câmara dos Vereadores por R$2.550,00.

-R$14.784,00 pra exames médicos para funcionários da Câmara “por fora” do serviço de saúde que já os atende.

-R$9.900,00 para a reforma do portão do prédio da Câmara Municipal.

Antes da exposição dos gastos da presidência, os dois parlamentares já haviam entrado em conflito. O vereador Santiago indicou um nome para a sua assessoria, no entanto, o presidente, incumbido deste poder, vetou a nomeação.

A resposta sobre a denúncia foi breve. “Eu tenho absoluta tranquilidade em muito do que eu ‘tô’ fazendo e acho que se a vossa excelência tem dúvida de alguma coisa, tem que ir atrás mesmo, pesquisar e trazer isso aqui”, respondeu Alexandre.

Santiago afirmou que continuará investigando e expondo as ações do Enfermeiro Alexandre, mesmo que, em tese, tudo esteja dentro de seus direitos como presidente da câmara: “algumas das ações apontadas aqui podem até, talvez, serem legais, mas são imorais”.

Nota de esclarecimento publicada pelo vereador e presidente da Câmara Municipal, Enfermeiro Alexandre (PSD). Fonte: Passando a Régua

 

 

Eduarda Schuh

21 anos e ourinhense de coração. Estudante de Jornalismo na UNESP de Bauru. Aspirante a jornalista há algum tempo. Buscando um caminho para um mundo mais justo há ainda mais tempo. Contra qualquer tipo de exclusão e elitização, escrevo para quem precisa entender. Feminista e progressista, procurando os erros e acertos.