Semana da Consciência Negra – Atividades agitam Ourinhos nos próximos dias!

No dia 20 de Novembro é comemorado o dia da Consciência Negra. A data é celebrada no mesmo dia da morte de Zumbi dos Palmares, famoso líder negro pela abolição da escravatura e direitos dos escravos. O dia da Consciência Negra ainda não é considerado um feriado nacional, porém, há um Projeto de Lei que prevê a inserção da data no calendário de feriados do país, como foi dito nesta matéria do Contratempo.

A cidade de Ourinhos também terá eventos para comemorar o Dia da Consciência Negra. O Coletivo Coletivo CulturAfrica dá início as suas atividades de celebração hoje, dia 16 de Novembro. Aryell Silva, uma das participantes do Coletivo afirma que a ideia do evento é levar a cultura negra para a periferia e tirar do centro da cidade, onde comumente são realizadas todas as comemorações importantes. “O bairro em si precisa entrar mais em contato com a cultura Afro, porque apenas alguns tem esse contato, mas muitos não sabem de onde vem e qual a origem disso. O objetivo do Coletivo CulturAfrica é levar toda a riqueza desta cultura para as crianças e moradores do bairro.

 

Confira a programação oficial do evento:

16 de Novembro, quinta-feira
14h – Roda de conversa: Apropriação Cultural
16h – Oficina de Turbante
18h – Oficina de Trança

17 de Novembro, sexta-feira
14h – Oficina de Brinco
16h – Oficina de Dreads
18h – Oficina de Trança

18 de Novembro, sábado
14h – Zumba
16h – Roda de conversa: Racismo e branquitude. Diálogo sobre o lugar do branco na desigualdade racial.

19 de Novembro, domingo
10h – Oficina de Dramaturgia Rural
14h – Contação de historia
16h – SLAM

Além das festividades do Coletivo CulturAfrica, as Faculdades Integradas de Ourinhos – FIO, também irão realizar o I Simpósio da Consciência Negra, nos dias 20 e 21 de Novembro. Confira a programação oficial:

20 DE NOVEMBRO 2017

19h30 às 22h30 

Oficina 1: As histórias e vivências de crianças/adolescentes/jovens/adultos negros quilombolas no espaço escolar: escola e cultura negadas

Marcia Regina dos Reis – Fonoaudióloga, doutoranda em Educação Especial pela UNESP/Marilia, professora do curso de Pedagogia das FIO.

Oficina 2: Dança Africana

Lincoln Lattari

Professor de Dança desde 1987, primeiro bailarino de Ourinhos, coreógrafo de diversos espetáculos.

Oficina 3: Territórios Negros – Desconstruindo estereótipos e produzindo novas imagens

Charlotte Louise

Professora do curso de Artes Visuais das FIO, professora efetiva da Secretaria Estadual de São Paulo, especialista em Artes pela Unesp, mestranda em educação pela Unoeste.

Oficina 4:  Seleção Inclusiva de Pessoal: legislação, ética e estratégias.

Valdir de Campos. Psicólogo, Mestre em Psicologia pela Unesp/Assis, docente do curso de Psicologia das FIO.

Oficina 5: Entre o encardido, branco e branquíssimo

Eduarda Rodrigues – aluna do 10º termo do curso de Psicologia das FIO, engajada em movimentos sociais negros, integrante e administradora do Geni (Coletivo Feminista Interseccional)

Oficina 6: Oficina de Abayomi – confecção de bonecas de tecido, símbolo da resistência negra.

Sonia Soares – Integrante do Coletivo Negro Dandara de Assis.

Oficina 7: SLAM – batalha de poesia falada

Grupo SLAM Subversão de Ourinhos (grupo de poetisas e poetas de Ourinhos).

Oficina 8: O rosto do perigo: marcadores de gênero e raça e a criminalização da juventude no Brasil

Ana Clara Magalhães – Psicóloga e Mestre em Psicologia (Unesp/Assis), Docente universitária (FIO/Ourinhos) e pesquisadora no campo das políticas públicas e processos de subjetivação da adolescência e Juventude

Caio Andrêo Silva – Psicólogo e Mestre em Psicologia (Unesp/Assis). Docente das FIO/Ourinhos.

Oficina 9: Capoeira Angola

Marcio Teixeira Lopes, Treinel Blanca, educador físico pela Unesp, professor e Treinel em Capoeira Angola. Membro da Circus.

21 DE NOVEMBRO

19h30

Abertura:

Profª Ana Luiza Guimarães (coordenadora do curso de Artes Visuais), Flávia Murbach (coordenadora do curso de Pedagogia), Paula Fiochi (coordenadora do curso de Psicologia).

Apresentação NEPID- Núcleo de Promoção da Inclusão e da Diversidade das FIO.

Dr. Fernando Brito – professor do curso de Direito das FIO, coordenador do Núcleo.

Msc. Barbara Sinibaldi – professora do curso de Psicologia das FIO, integrante do Núcleo.

20h15

Palestra: Os desafios do racismo contemporâneo brasileiro: o caso da escola

Profª Dra. Maria Valéria Veríssimo

Professora de Sociologia na Unesp de Marília. Pesquisadora dos temas: Ensino de Sociologia na Educação Básica, Negro e Educação, Direitos Humanos e Educação. Educação e Desigualdades.

Apresentação Cultural