UENP denuncia caso de estupro: aluna de Medicina Veterinária violentada por aluno de Agronomia

Na última semana, os alunos da UENP vêm debatendo a questão da violência sexual na universidade. O assunto ganhou força por conta da denúncia de uma aluna do curso de Veterinária, estuprada por outro estudante, do curso de Agronomia.

Segundo os alunos da UENP, a estudante foi violentada em um dia de jogo do Brasil, na moradia estudantil, em Bandeirantes. Os estudantes estavam confraternizando por conta do jogo; a vítima e o abusador estavam no mesmo lugar, quando ele tentou relacionar-se sexualmente com ela, a vítima negou e o estudante de Agronomia a forçou ao ato.

A vítima registrou a ocorrência e notificou a universidade que prestou apoio médico e psicológico e, no mesmo dia, encaminhou-a ao Instituto Médico Legal em Jacarezinho. A UENP, em uma nota de esclarecimento publicada no dia 12 de julho, assumiu responsabilizar-se por providências e que uma PAD (Processo Administrativo Disciplinar) foi aberta para apurar o caso.

 

A vítima e o acusado não terão seus nomes divulgados. A UENP e a Polícia Civil manterão em segredo as informações durante as investigações.