Centro Paula Souza oferece oportunidade de empreendedorismo via Fatec Ourinhos

Empreendedores têm a possibilidade de inscrever seus projetos para concorrer a vaga em um curso de extensão de empreendedorismo e inovação e, assim, desenvolver sua empresa

 

Juliana Neves

 

Neste ano, a Fatec Ourinhos será a faculdade base que fornecerá o curso de extensão em empreendedorismo da Escola de Inovadores (EI) criado pela Inova Centro Paula Souza (CPS). O curso visa o básico de empreendedorismo e inovação em um ambiente criativo e digital para os participantes se capacitarem e desenvolver modelos de negócios sustentáveis. Ação para que no futuro com criação e desenvolvimento a pessoa abra sua própria empresa.

Para isso, o interessado deve inscrever seu projeto empresarial até o dia 26 de março com até três participantes pelo site do Inova CPS (https://inova.cps.sp.gov.br). A avaliação será por um comitê específico com membros da CPS e pelo Agente de Inovação entre os dias 27 e 28 de março. Os critérios de pontuação são conteúdo de inovação dos produtos ou serviços a serem ofertados, potencial mercadológico, potencial de geração de valor, viabilidade técnica e potencialidade de empreendedorismo. E no dia 29 será a divulgação dos projetos selecionados no site da unidade, Fatec Ourinhos, e/ou por e-mail.

Sendo assim, a 12ª Escola de Inovadores se realizará no formato de um curso de extensão com 40 horas, gratuito, distribuídas em dez módulos, em ambiente digital on-line, síncrono e assíncrono de quatro horas cada no formato de webinar.

Foto: divulgação CPS

Quem pode participar são alunos e ex-alunos de cursos técnicos e tecnólogos do Centro Paula Souza de qualquer instituição de ensino público ou privado, além dos empreendedores da região. O requisito é pertencer à comunidade regional, ter determinação para empreender e apresentar projeto de inovação e participar das aulas com o mínimo de 75% de frequência.

Sobre o tema que os projetos podem ser é estar relacionado com ideias de sustentabilidade nas áreas de legalização empresarial, comunicação e marketing, tecnologia aplicada aos negócios, inspiração e prototipagem (produtos e serviços, business model, pitch e clínica de negócios e balcão de mentorias).

Portanto, a Escola de Inovadores “tem como objetivo ensinar pessoas com perfil empreendedor a transformar ideias de negócio em modelos viáveis e sustentáveis. A economia atual demanda cada vez mais soluções inovadoras, por isso é necessário unir – de maneira multidisciplinar – diferentes temas e serviços para apoiar o desenvolvimento de projetos de negócios sustentáveis”, explica Larissa Chadi e Silva, especializada em gestão de projetos, atuando hoje como Agente Regional de Inovação da INOVA CPS.

E a expectativa com o curso é que possa fomentar a cultura de empreender e de inovar com características regionais onde estão os estabelecimentos de ensino do Centro Paula Souza, as Etecs e Fatecs, “colaborando com o desenvolvimento de soluções inovadoras, conforme demanda atual da economia. Desenvolvendo negócios mais estruturados e sustentáveis. Sendo assim, nesse semestre a unidade e região que iremos atuar será da Fatec Ourinhos”, conclui Larissa.

 

Foto destaque: site Fatec Ourinhos

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info