Quentinhas da Semana

Pauta morna

Em tempo de pandemia do Coronavírus e por consequência, ser vedada a presença do público nas sessões da Câmara, parece que os vereadores perderam a ” motivação ” em apresentar projetos ou discutir assuntos importantes para a cidade.  Pela segunda semana consecutiva ” pós  quarentena “, nenhum projeto relevante foi apresentado ou votado pelos nobres edis, que parecem mais preocupados com sua reeleição.

Terceira via

Amadurece a cada dia, a tese de uma terceira via para se candidatar a prefeito nas eleições municipais de outubro, a fim de enfrentar o prefeito Lucas Pocay nas urnas.  Parece ser senso comum entre as lideranças de oposição ligadas ao grupo político do ex- prefeito Toshio Misato e do deputado federal Capitão Augusto que somente um nome novo na política e que seja bem visto pela população poderá ter chances de vencer as eleições.  O grande problema tem sido convencer a algum dos nomes propostos a aceitar a árdua missão.  Mesmo no PT – que até agora não definiu se terá candidato próprio, se manterá neutro ou até mesmo apoiar a reeleição de Lucas Pocay, como defendem alguns setores do partido – existe a convicção que somente um nome de uma nova liderança poderá ter viabilidade eleitoral.

Coronavírus

A falta de transparência da administração municipal  tem sido a marca de como está sendo tratada a pandemia do Coronavirus em Ourinhos.  Com 117 casos suspeitos e duas mortes sob investigação, até segunda- feira, 30, a prefeitura tem sido econômica nas informações veiculadas à imprensa e se limita a colocar números, sem no entanto divulgar as idades e regiões da cidade a que pertencem as pessoas, bem como que tipo de providências vem sendo tomadas pela secretaria de Saúde em conjunto com a Santa Casa, para se preparar para uma possível explosão de casos na cidade, assim como tem ocorrido no restante do país.  Aliás, chama atenção o grande número de casos suspeitos no município, que chegou a ser o primeiro em número de notificações na região, mesmo com um terço da população de Bauru.