Quentinhas da Semana

Osfuraquarentena

Parece que alguns empresários da cidade ainda não se deram conta da gravidade da pandemia do Coronavírus e as consequências nefastas que podem trazer para Ourinhos, assim como já vem acontecendo nos grandes centros do estado e do país. Nesta semana, alguns ” espertinhos ” tentaram burlar o decreto estadual que determina o fechamento de todo o comércio até o próximo dia 22, e abriram parcialmente suas portas para receber pagamento de carnês de seus clientes, colocando em risco a vida tanto daqueles que foram até lá, bem como de seus funcionários.  Mais uma vez a importância da imprensa que atua em defesa dos interesses públicos e não pessoais, se mostrou presente e após denúncia em post feito pelo Jornal Biz, a fiscalização da prefeitura esteve nos locais apontados pela reportagem e determinou o fechamento daa lojas.

Dança das cadeiras

Com a proximidade do final do prazo para descompatibilização dos cargos públicos a fim de se candidatar a vereadores nas próximas eleições;, várias ” figurinhas carimbadss” da administração municipal deixaram seus cargos, provocando a troca de secretários nas pastas de Desenvolvimento Econômico, antes ocupada por Fred Corrêa Leite e da Segurança Pública por Wagner Ribeiro Sosres. Além deles, os seguintes secretários adjuntos deixaram seus cargos: Luís Perino (Educação),  Hamilton Azevedo ( Governo),  Roberto Tasca (Assistência Social) , Carlinhos da Lambo (Desenvolvimento Econômico), Ari da Auto Escola ( Gabinete) e Fernando Rosini ( Esportes).

Redução de gastos

Foi aprovado na sessão da Câmara Municipal de segunda- feira, requerimento do vereador Vadinbo, para que o prefeito Lucas Pocay crie matéria reduzindo seu próprio salário, de seu  vice, secretários municipais e cargos de confiança em geral dos poderes executivo e legislativo, e autarquias, destinando o valor economizado para  UTI da Santa Casa  realizar  o atendimento dos pacientes com Coronavírus.

O prefeito tem 15 dias para analisar o requerimento  e responder se tomará tal medida, seguindo exemplo de prefeitos de outros municípios brasileiros.

Por sinal, causa estranheza que justamente mo momento em que municípios reduzem gastos, o prefeito Lucas Pocay tenha nomeado vários cargos de confiança para ocupar novos postos melhor remunerados, além de renovar contrato de locação de imóveis de secretarias municipais com reajuste de preço.