Banda que teve disco inteiro censurado pela ditadura militar faz show em Ourinhos 6ª feira (13)

Nesta sexta feira (13) a lendária banda paulistana Made in Brazil estará se apresentando em Ourinhos na casa de eventos House Five, o show é parte da Turnê que celebra os 55 Anos de carreira do grupo. Que em 1977 teve um disco totalmente censurado pela ditadura militar, que na época, também proibiu o show de lançamento do vinil lacrando o teatro e confiscando todo equipamento da banda. A abertura da noite de rock and roll será com o blues duo “The Bessie´s” de Caiã Zambotto (gaita) e Francine Soret (guitarra) contando o apoio do músico ourinhense Leandro Bangs no contrabaixo.

Os instrumentistas Francine Soret e Caiã Zambotto formam o duo de blues “The Bessie´s” que abrirão o show do Made.

Poucas bandas e artistas do meio musical brasileiro e mundial conseguiram chegar a 55 anos de carreira ininterruptos, fazendo shows e gravando discos. Aqui no Brasil, a banda formada em 1967 pelos músicos e irmãos Oswaldo (vocal, baixo, guitarra e gaita) e Celso Vecchione (guitarra, baixo e teclados), a Made in Brazil, conseguiu atingir essa incrível façanha e marca histórica.

Agora em 2022, ano em que comemora a marca expressiva de 55 anos de carreira, a banda de Rock & Blues paulista a Made in Brazil cai na estrada comemorando com seu fiel público e levando seu novo show por cidades e capitais brasileiras.

Capa do disco totalmente censurado pela ditadura militar em 1977 e só foi lançado em 2005.

O Show

Nesse novo show a banda passa um pente fino no repertório de seus 24 discos lançados e pinça os principais sucessos e clássicos. No show, a banda vai tocar Rocks super dançantes, Boogies matadores, Blues tradicionais e baladas apaixonadas. O show traz composições de autoria da banda paulistana, como “Anjo da Guarda”, “Paulicéia Desvairada”, “Minha Vida é Rock”n”Roll”, “Jack o Estripador”, “Os Bons Tempos Voltaram” e “Uma Banda Made in Brazil”, além de “Gasolina”, “Vou te virar de ponta cabeça” e outras.

Homenagens & Tributos

A Made in Brazil no show, também presta Homenagens e tributos a artistas e bandas que foram as suas influências e referências, como: Chuck Berry, Jerry Lee Lewis, Joe Cocker, John Lee Hooker, Rolling Stones, Canned Heat, ZZ Top… Alguns de seus músicos, cantores e Ídolos, que passaram pela banda, fizeram história e infelizmente nos deixaram, também são lembrados e Homenageados como: Cornélio de Aguiar (Cornelius Lucifer), Percy Weiss, Ezequiel Neves (Zeca Jagger) e Deborah Carvalho.

 

Músicos no palco:

Oswaldo “Rock” Vecchione (vocal,  gaita e percussão)

Celso “Kim” Vecchione (guitarra e baixo)

Guilherme “Ziggy” Mendonça (guitarra e violão)

Solange A. Blessa “Sol” – (vocais e percussão )

Octavio “Bangla” Lopes  (sax)

Marcelo Frisoni – ( baixo e violão).

Dimas “Destruidor” Zanelli – bateria

 

Participações:

Rubens “Rubão” Nardo” – vocais e violão

Ivani “Janis” Venancio – vocal

 

Convidados:

Tiago Mineiro – teclados

Wanderley Issa “Wander” – teclados

 

 

 

 

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info