Em 2021, fiscalização descobre mais de 220 hidrômetros fraudados em Ourinhos; multa pode ultrapassar 5 mil reais

Setor de fiscalização da SAE (Superintendência de Água e Esgoto de Ourinhos) já descobriu este ano, 223 hidrômetros fraudados em residências de diversos bairros de Ourinhos. Só no mês de outubro foram 22 ocorrências.

São equipamentos violados por moradores que se utilizam de objetos, como ímãs ou arames, para interromper a medição do volume de água consumido. No mês passado, a equipe de Combate à Perda D’água encontrou 17 equipamentos adulterados com arames, quatro hidrômetros invertidos e uma interferência por meio de ímã.

Os hidrômetros danificados para registrar consumo menor de água, ocasionam perda de receita e, consequentemente, redução dos investimentos para aprimorar o abastecimento de água na cidade.

A multa para quem fraudar hidrômetro varia de R$ 1.051,80 a R$ 5.259,00, dependendo da irregularidade constatada. O infrator também tem a água cortada e responde criminalmente por furto (art. 155, § 4º, II, do Código Penal). O consumidor pode fazer denúncia anônima sobre hidrômetros adulterados pelo telefone 3302-1000.

Fonte: Superintendência de Água e Esgoto de Ourinhos