Marília terá mais controle da quarentena e medidas para reabrir comércio

O governo do Estado informou oficialmente a Prefeitura de Marília nesta terça-feira que a cidade terá maior autonomia para decisões, flexibilização de regras e controle da epidemia do coronavírus a partir do dia 1º de junho.

A medida foi anunciada em um comunicado oficial divulgado pelo prefeito Daniel Alonso após reunião por videoconferênia com o governador João Doria e prefeitos de 16 cidades sedes de região administrativa.

Segundo a prefeitura, não houve nenhum pronunciamento específico sobre a lista de cidades incluídas na flexibilização, mas a autonomia de gestão vai permitir que a prefeitura estabeleça novas regras para funcionamento do comércio com base no programa geral a ser anunciado pelo governo.

Em gravação distribuída à imprensa, Daniel diz que terá “autonomia pra gestão da quarentena de enfrentamento à Covid-19 na cidade e região, que compreende 62 municípios”.

Será responspavel por informar diariamente o controle nossos casos, evolução epidêmica, capacidade hospitalar e também acompanhar o índice de isolamento e o volume de testes em pacientes com suspeitas de contaminação.

“Os testes passam a ser muito mais impotantes daqui para frente para que a gente possa garantir essa autonomia. Estamos oferecendo segurança sanitária, estrutura compatível com a população de Marília e toda a região”, disse Daniel.

Segundo o prefeito, os detalhes sobre o funcionamento da flexibilização serão apresentados pelo próprio governador João Doria em um pronunciamento nesta quarta-feira.

“O mais impotante a gente conseguiu conquistar, que é a autonomia de gestão. Os recursos jurídicos sempre foram nesse sentido”, disse o prefeito.

Fonte: Giro Marília