Morre aos 55 anos, Julio Barbin, o ‘Julião’ do basquete de Ourinhos

Julião ao lado da ex-jogadora e ex-técnica de Ourinhos, Lisdeivi Pompa, atleta Kananda e o ex-prefeito Toshio

Os amantes do basquete feminino de Ourinhos acordaram na manhã deste sábado, 24, com uma notícia muito triste. Faleceu aos 55 anos, Júlio Henrique Moraes Barbin, carinhosamente chamado por todos de ‘Julião’.

‘Julião’ ficou conhecido por todos os ourinhenses como um apaixonado pelo basquete de Ourinhos e entre os anos de 2009 e 2010, foi presidente da equipe do Ourinhos Basquete.

Curiosamente, Julião é o segundo ex-presidente da equipe ourinhense a nos deixar precocemente.

Em setembro de 2013, logo após assistir a partida entre Catanduva e Ourinhos, pelo campeonato paulista de 2013, Dr. Takashi Masuda, que sucedeu Barbin no comando da equipe ourinhense entre 2011 e 2012, sofreu um acidente de carro no retorno a Ourinhos e faleceu no próprio local.

De forma sintomática, os principais personagens do basquete ourinhense partiram nos últimos anos, tendo o mesmo destino da equipe que teve suas atividades encerradas em junho de 2014.

Um mês antes da morte de Takaski, faleceu em agosto de 2013, ‘Seu’ Manolo, torcedor símbolo da equipe de Ourinhos, que acompanhava todos os jogos no Monstrinho sentado no mesmo lugar e ia também aos jogos fora de Ourinhos.

Seis meses após a partida de Takaski, morreu em março de 2014, Francisco Eroídes Quagliato, carinhosamente chamado por todos de Chicão ou Tio Chico, que foi o grande patrocinador da equipe de basquete e responsável pela época de glória e títulos, quando a cidade de Ourinhos se tornou a capital nacional do basquete feminino. Mais uma vez de forma sintomática, após três meses, em junho de 2014, foi anunciado o fim da equipe do Ourinhos Basquete.

A morte de Júlio Barbin parece ser o capítulo final da grande história de glória e paixão do basquete de Ourinhos, que infelizmente, ao contrário de Catanduva, cuja cidade se uniu em prol do retorno da sua equipe de basquete, parece que não ressurgirá, uma vez que seus principais personagens apaixonados pelo time, já nos deixaram e os que aqui ficaram, não tem forças para resgatar o sonho do povo ourinhense em voltar a ter um time que o represente e lhe dê orgulho.

 

Lisdeivi fala da importância de Julião em sua chegada

Em entrevista ao Contratempo, a ex-jogadora e ex-técnica Lisdeivi Pompa falou sobre a grande importância que Julião teve em sua chegada ao Brasil para jogar pelo Ourinhos Basquete, onde fez história, conquistando vários títulos e se tornando ídola da torcida ourinhense, fato que fez com que permanecesse em Ourinhos após encerrar a carreira vencedora de atleta e iniciar uma nova etapa em sua vida, sendo técnica da equipe sub-17, que revelou Kananda Benedito e Laís Cristina, além de diversas atletas que após passar sob seu comando, brilham atualmente no basquete nacional, como Letícia Rodrigues, entre outras.

Por fim, Lisdevi foi técnica da equipe adulta, onde conseguiu mostrar sua competência, fazendo boa campanha na LBF, fato que a alçou como revelação da nova safra de técnicos de basquete feminino, passando por Maranhão e depois Sampaio Basquete, onde conquistou de forma brilhante o título da LBF em 2016.  “O Julião foi a melhor pessoa que conheci jogando basquete no Brasil e foi fundamental em minha chegada, graças a ele vim jogar em Ourinhos, ele que foi responsável pela minha vinda e foi meu primeiro grande amigo no Brasil, que se tornou para mim um irmão, um pai. Desejo que Deus conforte o coração da família dele, que ele esteja ao lado do Pai no Céu. Quero dizer também que serei eternamente grata a sua amizade e e que algum dia vamos voltar a nos encontrar lá no Céu e dar risada juntos e contar histórias, como fazíamos aqui”, ressaltou emocionada.

Barbosa se emociona com morte de ‘Julião’   

O Jornal Contratempo entrevistou o ex-técnico do Ourinhos Basquete e técnico da seleção brasileira de basquete nas Olimpíadas do Rio em 2016, Antônio Carlos Barbosa, que revelou emoção e lamentou a morte de Julio Barbin. “Infelizmente mais um dos abnegados e idealistas, responsáveis pelo basquete de Ourinhos nos deixa! Competente dirigente e leal amigo! descanse em paz amigo!”

 

 

Ex-atleta Kelly revela carinho por Julião

Kelly Santos, que atuou na equipe do Ourinhos Basquete na época em que Julião era presidente, falou de sua importância para o time. “Sem dúvidas nos últimos anos da gestão da equipe de OURINHOS, o Julião foi essencial. A equipe já passava por dificuldades de patrocínio e ele sempre conseguia gerar algumas soluções e a equipe acabava se mantendo nas competições Estou extremamente sentida com essa situação, mais uma pessoa que amava o basquete feminino e lutou tanto por nós se foi”, declarou.

 

 

 

 

Julião ao lado da ex-atleta do sub 17, Carol, em sua chegada ao Ourinhos Basquete

Pai de ex-atleta presta homenagem 

Outro que nos procurou e fez questão de falar sobre a morte de Barbin, foi Marco Campagni, pai da ex-atleta da equipe sub-17 de Ourinhos, Carol Campagni. “Muito triste, um homem do bem, só tenho agradecer tudo que fez pela minha filha no basquete de Ourinhos. Por infeliz coincidência, nesta semana já havia falecido o professor Antônio Sobe, que ao lado do Julião, foi o grande responsável pela ida de minha filha Carol para jogar na equipe de Ourinhos. Através de uma matéria do blog PBF na época, o professor Antônio Sobe pediu para o Julião ler, e foi assim que minha filha Caroline Campagni recebeu um e-mail do Júlio Barbin para fazer testes em Ourinhos. O Julião nos recebeu muito bem na cidade e nos deixou tranquilos para deixar nossa menina de 15 anos morar, estudar e jogar em Ourinhos em 2011. Um verdadeiro guardião destas atletas, sempre atento e muito dedicado e preocupado. Só posso agradecer por tudo, descanse em paz meu amigo, sempre será lembrado com carinho”, declarou.

 

Velório e enterro

O corpo de Júlio Barbin está sendo velado neste sábado, 24,  no Velório São Benedito e seu sepultamento está previsto para as 9 horas, deste domingo, 25, no Cemitério da Saudade de Ourinhos.

Natália Burian do Catanduva, lamentou morte de Julião

Repercussão nas redes sociais

A morte de Júlio Barbin causou grande comoção nas redes sociais, com diversos comentários emocionados de ourinhenses que assim como Julião, eram  apaixonados pelo basquete e admiravam sua dedicação a equipe ourinhense, além de personalidades do basquete feminino, como a ex-jogadora Cléia Crepaldi e sua irmã Cláudia Crepaldi, o responsável pela rádio esporte web de Americana, José Fuminho, e  do site Chuá Marcos, jornalista Marcos Carmo, entre outros.

Além deles, a atleta Natália Burian, da equipe de Catanduva também expressou sua tristeza pela morte de ‘Julião’. “O basquete perde mais um amante, ele fez muito por esta modalidade e fazia muito pela cidade de Ourinhos , espero que as pessoas peguem o exemplo deste apaixonado pelo esporte e voltem um dia, a modalidade aí em Ourinhos… Julião deixará saudades , deixo aqui meus sentimentos a todos os familiares dele!!!