Sem mais equívocos: os estudantes não aceitarão os cortes, nem o “contingenciamento”

Na última quinta-feira, 30, cidades de todos os estados do Brasil paralisaram em defesa da educação. Na nossa cidade, Ourinhos, no interior de São Paulo, cerca de 60 pessoas se reuniram na praça Mello Peixoto e caminharam pelo Centro, em reivindicação pelos direitos do estudante, Leia mais… »