Artigo: O Brasil da reconstrução –Nilto Tatto

Nilto Tatto – Ambientalista, administrador, Deputado Federal do Partido dos Trabalhadores por São Paulo

É muito positiva a notícia anunciada dias atrás pelo governo Lula, por meio da ministra da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, da realização de concursos públicos em dezenas de órgãos federais para recompor a máquina administrativa e de gestão estatal.

Até o momento, foram feitos três anúncios com 8,2 mil vagas, e outras 10 mil deverão ser abertas ainda esse ano, com a provável realização das provas a partir do final deste ano e provável data de admissão ao longo de 2024 e 2025.

Uma declaração da ministra Esther chamou a atenção. Segundo ela, o presidente Lula resolveu acelerar o arranjo para viabilidade técnica e financeira dos concursos porque percebeu que pedia uma série de demandas e frequentemente recebia respostas negativas por faltar pessoas para dar prosseguimento a projetos em prol do país. Ou seja, o Estado está defasado para o enfrentamento aos desafios necessários visando a melhoria da vida da população.

Esse cenário deixa evidente o cenário desolador encontrado pelo governo Lula quando assumiu o mandato. Se faltam servidores até para funções básicas de ministérios estratégicos ao desenvolvimento nacional, é porque existia um vácuo de gestão e o presidente anterior desestruturou a capacidade de articulação, promoção e monitoramento de políticas públicas.

A disposição do presidente Lula em reconstruir a máquina pública merece saudações. Demonstra uma visão de Estado de longo prazo, ao substituir a lógica da ocupação desenfreada de cargos por militares, prática recorrente no governo passado, pela contratação de um corpo técnico, capacitado e distribuído em carreiras estáveis, dotando o Poder Executivo federal de servidores que, independente de quem será a força política no poder, seguirão seu compromisso de defender os interesses das brasileiras e brasileiros com independência de pressões externas.

Você que está lendo esse artigo e tem interesse em atuar na administração pública, se prepare, bons estudos e boa sorte! Muitas oportunidades virão!

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info