PSOL de Ourinhos divulga carta aberta a população ourinhense

O diretório municipal do PSOL de Ourinhos divulgou na manhã desta 5ª feira uma carta aberta a população  na qual  afirma que o partido irá lançar candidatos à vereador para as eleições municipais este ano.  Os dirigentes locais da legenda expõe comprometimentos e  metas programáticas de vereança, sinaliza a possibilidade de candidatura própria a prefeito ou, apoio a um nome comprometido com seus programas partidários na disputa. O partido não poupa críticas ao legislativo e executivo atual, que conforme o comunicado, desprezam a política, a democracia e suas instituições, mas, valem-se delas para abocanhar o… saiba mais, leia na integra a Carta aberta do PSOL de Ourinhos:

A semente do PSOL – Partido Socialismo e Liberdade – ourinhense germinou e se tornará uma realidade nas próximas eleições municipais, apresentando candidaturas ao nosso legislativo, norteadas e comprometidas com um programa contra os extremismos políticos da direita burguesa; contra as privatizações e o desmonte dos serviços públicos; em defesa de um plano de emergências para nossa cidade que envolva emprego, salário, moradia, investimentos em educação pública, transporte público não poluente, cultura popular, administração direta e competente da saúde pública, funcionalismo público municipal,  defesa da arborização de nossas ruas e ampliação das áreas verdes, das mulheres, da negritude, da juventude, da população LGBTQIAPN+, das pessoas com deficiência e dos animais e, em conjunto com a REDE – Rede Sustentabilidade – definirá, em convenção de sua federação partidária, a apresentação de uma candidatura própria ou apoio a um nome comprometido com seus programas partidários na disputa para o Executivo Municipal.

A reconstrução do PSOL OURINHOS, com as características que lhes são próprias e identificadas com nosso programa partidário, foi um processo que ocorreu sem a pressa e emergência que nos acostumamos a ver no surgimento de muitas legendas partidárias na cidade, criadas apenas para negociarem apoios a candidaturas majoritárias e, depois exigirem, se tiverem êxito nas eleições, seu quinhão na formação do governo. Isso não é e nunca será o PSOL que irá às urnas nas próximas eleições.

Foram anos de conversas, aproximações, reuniões e filiações de companheiros e companheiras que entendem, que a política neoliberal meritocrática, que dominou o País nas últimas décadas, não resolveu as graves crises, que tivemos e temos, muito pelo contrário, agravou-a e foi o estopim para o  ressurgimento, em nosso meio, de defensores das ideologias políticas extremistas e antidemocráticas, derrotadas em 1945 e de saudosistas do golpe militar de 1964, que mergulhou nosso País na maior crise econômica e social de nossa história .

Entendemos que o descrédito de muitos com nossas instituições democráticas, causadas por esse modelo econômico que sempre privilegiou nossas elites burguesas, infelizmente deu voz e poder a oportunistas que se apropriaram de nossos símbolos nacionais, da fé de nosso povo e, atacando nossas instituições com suas mentiras e fakenews, conseguiram alçar ao poder, pouco se importando com a Nação, Estado ou municípios. Intentaram e intentam apenas em esbanjar e saquear os recursos públicos, destruir os serviços públicos, entregar nosso patrimônio e riquezas as empresas privadas – muitas de fachada, corporações nacionais e transnacionais ou ainda, ao Capital Internacional para manterem-se no poder e continuar a sangria de nossa Nação.

Nosso município não foi diferente dos demais. Nas duas últimas eleições, principalmente, constatamos a eleição de muitos que se utilizaram das receitas já descritas e, em nosso parlamento municipal, não é difícil encontrar entre esses, àqueles que desprezam a política, a democracia e suas instituições, mas, valem-se delas para abocanhar o que for possível do bolo orçamentário para as instituições e grupos que defendem e mantêm seus aliados na administração

O PSOL OURINHOS não fará acordos ou dará apoio que não sejam em prol da nossa população. Nossos representantes atuais, eleitos país afora, são uma prova disso, pois nossos parlamentares federais foram reconhecidos e escolhidos como os melhores pela população. Na última edição do “Prêmio Congresso em Foco”, 10 de nossos parlamentares ficaram entre os 15 primeiros colocados. Nossa Deputada Sâmia Bomfim foi eleita como a melhor parlamentar do País em 2023; Érica Hilton a segunda e Guilherme Boulos o terceiro.

E, é essa disposição e trabalho que iremos oferecer aos nossos eleitores na próxima eleição municipal, apresentando um conjunto de candidaturas comprometidas com a cidade e nossa população, principalmente as esquecidas pela administração atual, que encontram-se em nossas periferias, e sofrem com o descaso do governo municipal em relação a sua saúde, educação, transporte, saneamento, segurança, zeladoria, emprego, cultura, entre muitos outros direitos que lhe são negados.

Convidamos assim, aos que se identificam com nosso partido e programa, que defendem os direitos da classe trabalhadora, da população periférica, das mulheres, da negritude, das LGBTQIAPN+, das pessoas com deficiência, do ecossocialismo; aos que querem uma sociedade diferente, com socialismo e liberdade, a virem fazer parte de nosso projeto e juntos mudarmos os rumos da política ourinhense.

É na luta que que a gente se encontra e,

É no PSOL que todas as lutas se encontram.

 

Vem ser PSOL OURINHOS!

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info