O que começar a ouvir de João Bosco

Foto: Tsaorin, Wikimedia Commons

Daniel Móvio

músico

Instagram: @moviodaniel

A música brasileira é muito rica em sua essência.

Hoje precisamos falar um pouco dos álbuns do grande João Bosco, que tem uma obra discográfica muito grande, em torno de 27 álbuns.

Darei algumas sugestões pelos quais você poderá começar a ouvir.

1973 – João  Bosco – O primeiro disco não poderia ficar de fora: tem faixas compostas juntamente com o grande Aldir Blanc, como “Tristeza de uma embolada” e “Angra”.

1976 – Briga de galo – este álbum já contém  faixas marcantes como “Incompatibilidade de gênios” e “Rancho da goiaba” (Aldir Blanc).

1984 – Gagabirô – Este disco já nos traz o grande sucesso “Papel Machê” (Capinan e João Bosco) e  também a musica “Bate um balaio” ou Rockson do Pandeiro (João Bosco).

1989 – Bosco – esse disco vale a pena ouvir do início ao fim. Disco gravado e produzido pela Columbia Records. Destaque para as músicas “Corsário” (Aldir Blanc e João Bosco) e a outra é Jade (João Bosco). Disco perfeito, em minha opinião.

2000 – Na esquina – Este disco gravado no ano de 2000 nos traz as faixas ,Na esquina” e “Flor De Ingazeira”.

2003 – Malabaristas do sinal vermelho – Disco gravado pela Universal Music, com pouca visibilidade pela grande mídia, mas isso não dimiui sua beleza. Destaque para as faixas “Pernas de Pau” e “Cinema Cidade”.

Estas foram algumas dicas do que você pode buscar e ouvir do trabalho de João Bosco. Vale ressaltar que João Bosco é um excelente arranjador e compositor, além de cantor e instrumentista.