Denúncia que pedia cassação do mandato da vereadora Roberta Stopa (PT) é arquivada

Encerrado o prazo de tramite  na Comissão Processante instaurada na Câmara de Ourinhos, a denúncia que pedia cassação mandato da vereadora Roberta Stopa (PT) por quebra de decoro foi arquivada ontem 5ª feira (21). A instauração da Comissão deu-se com voto favorável de 11 vereadores da base do prefeito Lucas Pocay a favor da denúncia feita pelo presidente municipal do Partido Solidariedade André Luís Paladino.

O autor da denúncia que ocupa cargo confiança na Prefeitura acusou a vereadora de ter desrespeitado o legislativo ao  compartilhar em seus stories nas redes sociais uma publicação na qual havia sido marcada, porém da qual não era autora, em que a pessoa que criou o post se referia à Câmara como “sexista, machista, misógina, preconceituosa e vendida”.

A tentativa de cassação do mandato repercutiu negativamente entre a opinião pública mobilizando o meio político progressista da cidade pela manutenção do mandato da vereadora que divulgou um vídeo agradecendo os apoiadores, alguns dos quais falaram a reportagem do Contratempo. Veja a vídeo-reportagem: