Prefeito eleito Lucas Pocay deve ‘importar’ cinco secretários para compor sua gestão

wilson_rosa_sao_roque
Wilson Rosa da cidade de São Roque (SP) deverá ser o secretário de Educação

 

Confirmando os boatos que já circulavam pela cidade há algumas semanas, pelo menos um terço do secretariado do prefeito eleito Lucas Pocay deverá ser ‘importado’ de outras cidades, um deles, inclusive de um estado do Nordeste.

O fato inusitado traz a impressão que além de faltar nomes qualificados no grupo político que elegeu Pocay no último dia 02 de outubro, as opções  indicadas pelos partidos que compuseram a coligação da chapa vencedora, não inspiram a confiança do prefeito eleito.

Um exemplo disso é a secretaria de Educação, onde um dos candidatos a vereador pela coligação foi o professor Paulo Henriques Chíxaro (que ocupou o cargo na última gestão do ex-prefeito Toshio Misato), cujo nome chegou a ser ventilado nos bastidores políticos, mas que, no entanto, tudo indica que será preterido e o provável escolhido para comandar uma das secretarias com maior orçamento da Administração Municipal, deverá ser Wilson Rosa, ex-diretor de Educação da cidade de São Roque (SP).

Outra Pasta estratégica que provavelmente será ocupada por um secretário ‘importado’ é a do Planejamento e Finanças, cujo nome não foi revelado, mas que segundo informações obtidas pela reportagem do Contratempo,  deve ser trazido da Bahia.

O terceiro nome é o da enfermeira Cássia Cristina Borges Palhas, de Canitar, esposa de Luiz Irineu Palhas (assessor de Lucas Pocay) que deve assumir a secretaria de Saúde, após serem descartados os nomes do vereador reeleito Alexandre Enfermeiro e do vice-prefeito Dr. Ferreirinha, que haviam sido cotados para o cargo.

Segundo fontes próximas ao staff do prefeito eleito Lucas Pocay, mais dois secretários da administração municipal devem vir de outras cidades, cujos nomes ainda são mantidos em sigilo.

Outros nomes do secretariado

Entre os secretários ‘pratas da casa’, os mais cotados e considerados  nomes certos para assumir um cargo no primeiro escalão da gestão de Lucas Pocay, estão o vereador ‘Esquilo’ que deve ser o Chefe de Gabinete, o vereador Inácio J. B. Filho que deverá ser o secretário de Obras e dois nomes que fizeram parte da gestão do ex-prefeito Toshio Misato: Neusa Fleury, na secretaria de Cultura e Luís Perino, na secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Uma Pasta que provavelmente deverá ser ocupada por alguém que não é profissional da área, pela falta de nomes no grupo político de Pocay, é a secretaria de Esportes, cujos nomes cotados para assumir são os do vereador eleito Santiago e Carlinhos da Lambo.

 

Neusa Fleury deve assumir secretaria de Cultura

 

 

 

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info