Somente com shows da FAPI 2024 prefeitura gasta 4 milhões e 600 mil

 

Em meio situações críticas e carências em várias áreas da administração municipal, o prefeito Lucas Pocay irá pagar mais de  4 milhões e 600 mil  reais pelos shows que acontecerão nos 5 dias de evento na 55ª FAPI de 12 a 16 de junho. Com cachês de valor exorbitantes  de até R$ 655 mil, a maioria dos shows são de artistas da dita música sertaneja pagos com dispensa de licitação.

Este ano os contratos milionários irão  beneficiar artistas como Luan Santana, Bruno e Marrone e Simone Mendes, nomes mais conhecidos que juntos, embolsarão mais de 1 milhão e 800 mil reais.  Dinheiro público dos impostos pagos pelo contribuinte ourinhense

A FAPI atrai público de toda região e, ilude-se quem acredita na propagada gratuidade do evento. Os desavisados não percebem, mas os mandatários no cargo de prefeito não donos dos recursos públicos são administradores do dinheiro,  portanto mais uma vez,  quem irá bancar o gasto milionários é a população.

Prioridades

A edição da FAPI no ano passado foi cancelada com a justificativa de que o recurso a ser investido na feira, cerca de R$ 2,5 milhões, prioritariamente seria destinado para realização de cirurgias eletivas, no entanto a situação de muitos que precisam dessa assistência médica continua a mesma.

A atual gestão em 2021 lançou o Programa “Zerando a Fila das Cirurgias Eletivas” mas, passados mais de 3 anos os sinais de que a fila pouco andou e aumenta a cada ano são evidentes.

Com a pratica do prefeito de sonegar informações à imprensa que o incomoda e verdadeiramente questiona os atos da administração, não se sabe exatamente a quantidade pessoas à espera de consultas, exames e procedimentos cirúrgicos.

E são esses pacientes angustiados pela demora de resolver seu problema de saúde quem também pagará as despesas milionárias do evento este ano. Há a informação extra oficial de que o número de pacientes à espera de cirurgia em Ourinhos passa de 3 mil pessoas.

Evento eleitoreiro

Divulgada como a única feira de portões abertos com shows “gratuitos”, inevitavelmente o evento em 2024 adquire um caráter eleitoreiro tendo em vista a eleição pra prefeito em outubro. Até o número 55 que designa a quantidade de feiras realizadas ao longo dos anos compõe esse quadro eleitoreiro, 55 é o número do partido (PSD) do prefeito e da legenda do candidato à sucessão indicado por Pocay.

 

Mais despesas

Até o momento não foi divulgado qual será o custo da contratação de empresa para locação de  geradores  e  transformadores  com  manutenção  e mão de obra no evento. Tão pouco o que será pago à Associação de Eventos Culturais de Jacarezinho (AECJ), entidade credenciada para realização do evento fornecendo toda a estrutura (equipamentos, materiais, mão de obra), para  o rodeio, atrações e shows artísticos. Não há qualquer informação no Portal da Transparência da prefeitura referentes a prestação de serviço delegada a AECJ.

 

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info