Em áudios, Mauro Cid reclama da Polícia Federal e critica Alexandre de Moraes

O Tenente Coronel do Exército Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro, aparece em áudios revelados pela revista Veja criticando o trabalho dos investigadores e o ministro Alexandre de Moraes, responsável por homologar o acordo na Corte. As gravações foram divulgadas ontem(21) quinta-feira. As revelações presentes nos áudios podem levar a PF a rescindir a delação, Segundo a revista, os áudios são de uma conversa do oficial com um amigo, com duração de aproximadamente uma hora. O diálogo teria sido captado na semana passada, após mais uma oitiva de Cid na PF — a sétima, totalizando cerca de 33 horas de relatos, no dia 11 de março. Ouça.

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info