Executiva Estadual rejeita recurso contra eleição que reelegeu Toninho do PT presidente do diretório em Ourinhos

 

A Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores rejeitou por unanimidade na manhã desta 6ª feira, o recurso da Chapa União e Democracia e sua candidata a presidência do diretório municipal Milene Cardoso Gonzaga de Melo; contra o resultado  da eleição que reelegeu Antônio Amaral Jr. (Toninho do PT) para presidir o partido em Ourinhos por mais dois anos.

A chapa “Partido Popular Democrático de Lutas e Solidário”, liderada por Toninho do PT, irá compor o Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores em Ourinhos a partir de 2024 .

A candidata adversária do ex-vereador e atual presidente do PT local, alegou irregularidades no processo de Eleições Extraordinárias realizado no último dia 8 de outubro, mas a direção estadual do partido rejeitou o recurso reconhecendo a legalidade do pleito.

A chapa vencedora obteve 209 votos e Amaral 221 votos. O grupo concorrente “União e Democracia” obteve 60 votos com a servidora pública Milene Cardoso Gonzaga de Melo indicada para presidir o partido em Ourinhos 59 votos

Em nota divulgada na manhã desta 6ª feira o ex vereador Antonio Amaral Jr. agradeceu a participação da militância que votou e aos concorrentes pela participação no processo democrático, segundo ele, uma marca do PT.

 “… agora é trabalharmos de forma unida pra fortalecer o PT para defender nosso governo Lula e nos prepararmos para termos os melhores resultados nas eleições de 2024. Elegendo uma grande bancada de parlamentares e buscar amplas alianças com partidos e pessoas que defendem a democracia, para buscar com o máximo de forças, eleger o primeiro prefeito do PT e dos partidos aliados”, disse Toninho na nota.

 

 

.

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info