Câmara cria Frente Parlamentar de Proteção à Arborização Urbana de iniciativa da vereadora Roberta do Enfrente

Durante a 24ª Sessão      Ordinária, foi aprovado o Projeto de Resolução nº06, que institui na Câmara a Frente Parlamentar de Proteção à Arborização Urbana. A iniciativa partiu da vereadora Roberta do Enfrente.

O objetivo da Frente Parlamentar é preservar e indicar ações e políticas públicas direcionadas para a manutenção da arborização em Ourinhos. “Acreditamos que a Frente Parlamentar é de fundamental importância principalmente depois das 21 podas drásticas de árvores da Avenida Horácio Soares. Precisamos desse debate para pensarmos sobre arborização urbana”, ressaltou Roberta.

Competirá à Frente Parlamentar promover debates, estudos e audiências públicas com participação da sociedade civil e dos movimentos em defesa do meio ambiente. Também acompanhar, fiscalizar, colaborar e propor projetos e programas com o objetivo de efetivar a criação e monitoramento da arborização.

“Acontecem inúmeras podas drásticas, o que é crime ambiental e tem multa. Temos Leis Municipais, como o Código de Posturas, que disciplinam a questão. Por isso, é importante que as Leis sejam cumpridas e que haja responsabilidade do poder público”, disse a vereadora.

Roberta destacou também que Ourinhos tem pouca reposição de árvores. “E quando acontece, não há manutenção. Arborização é um direito coletivo, podas drásticas podem causar a morte das árvores. Precisamos levar esse debate para toda a sociedade”.

A parlamentar contou que recebeu cartas de apoio para a criação da Frente Parlamentar. “Temos apoio do CONDEMA, da UNESP, do Sindicato dos Servidores da UNESP, do Professor Dr. Edson Piroli. Temos que saber quais as responsabilidades de cada secretaria municipal e promover o debate e fiscalizar aqui no Legislativo”.

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info