Conselho Municipal do Meio Ambiente realiza reunião ordinária nesta terça feira (09)

 

Em meio ao caso de mortandade de peixes no lago do Parque Olavo Ferreira de Sá (FAPI) que veio a público no  início da semana passada, o Conselho Municipal de Defesa de Meio Ambiente (Comdema) de Ourinhos (SP), realiza amanhã às 14 horas reunião ordinária nas dependências da CATI na Rua Duque de Caxias nº 737.

O Condema denunciou que ações da prefeitura no local para construção de uma praia artificial pode ter sido a principal  causa da morte dos peixes. A suposta praia anunciada pelo prefeito Lucas Pocay em setembro do ano passado e cujo projeto é de desconhecimento geral tem gerado muita polemica desde então.

A denúncia foi apresentada ao promotor do meio ambiente Marcos da Silva Brandini  da 5ª Promotoria de Justiça de Ourinhos,  de acordo com o Condema, as intervenções da prefeitura interrompeu o abastecimento de água afetando a plena oxigenação da represa elevando a temperatura da água ocasionando a morte dos peixes.

Por sua vez a prefeitura de Ourinhos manifestou-se através dos seus parceiros da “imprensa amiga” reconhecendo a falta de oxigenação do lago como causa problema, conforme apontou  o Condema.  Segundo a prefeitura a morte dos animais ocorreu pelo suposto furto de fiação de energia elétrica que teria provocado a queima da bomba d’água que renova a água do lago.  O Ministério Público ainda não se manifestou sobre a denúncia.

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info