Irmãos gêmeos treinados pelo professor Adílson conquistam vaga para Campeonato Brasileiro de Karatê

No último sábado, 13, seis atletas do professor Adilson Luiz de Oliveira que treinam no “Espaço Clínica de Karatê” na formação de campeões, participaram da 2ª  final do Campeonato Paulista de Karatê das Categorias  Junior ( 16 e 17 anos), Juniores (18 a 20 anos) e Master (36 anos ou mais) em São Bernardo do Campo, cuja competição foi promovida pela Federação Paulista de Karatê e teve a participação de 750 atletas de 159 associações filiadas a entidade.

Entre os atletas ourinhenses, o grande destaque ficou por conta dos irmãos gêmeos Rhuan Carlos Jane de Souza – que conquistou a medalha de ouro na categoria 16 e 17 anos até 63 kg – e Ramon Carlos Jane de Souza que obteve a medalha de bronze na categoria 16 e 17 anos até 61 kg.

Com os resultados obtidos, os dois atletas garantiram vaga para o Campeonato Brasileiro Regional, que acontecerá entre os dias 8 e 10 de junho em Vitória (ES), onde os três primeiros colocados garantirão vaga para a final do Brasileiro que será realizado em Salvador (BA) no mês de outubro e será organizado pela Confederação Brasileira de Karatê (CBK),  entidade reconhecida pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Atleta ourinhense é prejudicado pela arbitragem  

O destaque negativo do Campeonato Paulista de Karatê ficou por conta do árbitro da final entre o atleta ourinhense José Augusto de Oliveira Neto, que ganhava a luta contra um atleta de Presidente Prudente por 4 a 0, e estava com a medalha de ouro e a classificação para o campeonato brasileiro regional garantido, quando o cronômetro zerou, e José Augusto colocou um dos pés para fora da faixa. No entanto, o juiz alegou que faltava um segundo para o fim da luta e desclassificou o ourinhense da competição.

Após a luta, o técnico Adílson lamentou o erro do árbitro que segundo ele, já havia tentado prejudicar José Augusto em outra competição, e desta vez, reiterou o erro e acabou desclassificando o atleta ourinhense, que é o segundo no ranking nacional em sua categoria atualmente. “É extremamente lamentável que um árbitro tenha uma postura dessa, prejudicando propositalmente um atleta nosso. Em Franca, ele já havia tentado prejudicá-lo, obrigando-o a trocar o bocal que usava na boca e que era recomendado pelo dentista, a poucos instantes do início da luta, e tive que correr como desesperado para pegar outro e levar até ele, pra que não fosse desclassificado. Agora em São Bernardo, fez a mesma coisa, desclassificando meu atleta alegando que tinha pisado fora da faixa, quando ele fez isso justamente no momento que zerou o cronômetro, estava com a luta ganha. E o juiz disse que faltava um segundo, o que não é verdade, mas tudo bem, ainda temos mais uma seletiva no próximo final de semana e buscaremos essa vaga pro brasileiro”, criticou.

Próxima seletiva

Neste final de semana, acontecerá mais uma seletiva para o Campeonato Brasileiro Regional, em Louveira (SP) que dará vaga ao primeiro colocado e o atleta José Augusto de Oliveira Neto irá participar da competição.  

Nesta mesma competição, o ourinhense também participará de outra seletiva, que classificará o 1º colocado de cada categoria, para representar o Brasil no Campeonato Mundial Escolar, que acontecerá em julho, na Índia.