Jornalista é agredida e retirada a força durante coletiva de Wesley Safadão, na FAPI

Segurança de Wesley Safadão disse que o cantor não precisa de imprensa, que só serve para falar mal dos artistas

Assim como já ocorreu em diversas edições da FAPI, novamente a imprensa de Ourinhos foi desrespeitada por integrantes do staff de artistas emergentes que são contratados a peso de ouro para fazer show em nossa cidade, mas que parecem não saber lidar bem com a fama e esquecem que a pessoa pública deve respeito ao público e a imprensa, sem os quais não sobreviveria, tão pouco se tornaria conhecido nacionalmente, mesmo que por um breve espaço de tempo, antes de ser substituído por novos ídolos de plantão, em nossa música nacional, que infelizmente já viveu tempos melhores.

Desta vez o desrespeito foi mais longe e nesta noite de quarta-feira, 06, horas antes do início do show do cantor Wesley Safadão, foi realizada uma coletiva, que sem aviso prévio, foi antecipada e alguns colegas de imprensa ao chegar ao camarim do artista, foram surpreendidos com a negativa em conceder entrevista por parte dos produtores de Safadão, que acionaram a segurança os quais agrediram e retiraram a força, a jornalista Renata Tibúrcio, cuja ação truculenta foi filmada com celular, por colegas de imprensa presentes.

De acordo com Renata Tibúrcio, ao ser questionada que estava atrapalhando a entrevista que já se iniciara, um dos seguranças disse que o cantor não precisava de imprensa, que só serve para atrapalhar e falar mal dos artistas. Em seguida uma segurança feminina pegou Renata pelos braços e a arrancou a força do camarim.

 

Veja o vídeo da agressão: