XXI Festival de Música de Ourinhos começa dia 17

 

 

Acontece em Ourinhos entre os dias 17 e 22 de julho o XXI Festival de Música de Ourinhos, a programação contará com várias Oficinas, Práticas e apresentações em diferentes locais.

Diferentemente de anos anteriores quando um nome representativo da musica brasileira era homenageado, este ano como também em 2022, nenhum artista nacional e sua obra será laureado e vinculados ao festival.

 

Os Shows com professores, alunos e convidados acontecerão no teatro Municipal e outros locais.

CURSOS/OFICINAS

Durante seis dias serão oferecidos gratuitamente Oficinas e Práticas nas dependências do Centro Cultural Tom Jobim e no Senac de Ourinhos, em três turnos. Em caso de dúvidas os interessados deverão poderão ligar para o telefone 14 3302 1802 ou por e-mail festivaldemúsica.ourinhos@gmail.com

Os interessados que necessitarem de alojamento (gratuito), será disponível somente para maiores de 18 anos que devem confirmar o interesse entre os dias 10 e 14 de Julho pelo WhatsApp 14 99796 1228. A não confirmação Implicará na perda da vaga do alojamento.

As oficinas do período da manhã serão de musicalização para professores com 30 vagas, os excedentes aguardarão na lista de espera.

As oficinas no período da tarde serão para piano popular, música do mundo, bateria, sopros metais, violão popular, sopros madeira, canto popular, contrabaixo elétrico e acústico, percussão, violino viola de arco, violoncelo, cavaco, acordeom.

Já as práticas serão realizadas no período da tarde para a prática de choro, prática de repertório, de Big Band, chorinho e prática de cordas entre outros

OFICINAS Professores:

Piano erudito – Guilherme Pozzi

Piano Popular – Fábio Leandro

Musicalização para professores- Lilian Rosa

Guitarra – Guilherme Fanti

Contrabaixo elétrico e acústico Jackson Silva

Bateria – Digão Braz

Violão Popular – Rogério Caetano

Sopro de metais – Sidmar Vieira

 

PRÁTICAS Professores:

Marcos Santos – cordas

Rogério Caetano – choro

Sidmar Vieira – Big Bang

Tiago Espírito Santo – repertório

Ricardo Cardim – coro

Dó de Carvalho – sopros madeira

Getúlio Ribeiro – cavaco

Toninho Ferraguti – acordeom

Ricardo Sander – violino/ viola

Kaiami Satomy – violoncelo

Rodrigo Moura – percussão

Gabriel Levy – música do mundo

Luci B. – canto popular