ANOS DE CHUMBO: Elisa Branco, Uma Vida em Vermelho

Por João Teixeira (Colunista) A formação da classe operária rural, os trabalhadores da agricultura dos anos 50, está na origem deste livro instigante, Elisa Branco, Uma Vida em Vermelho (Civilização Brasileira www.record.com.br), de autoria de Jorge Ferreira, doutor em História Social pela USP, da Universidade Leia mais… »

Anos de chumbo: A farsa no fim de Marighella – Parte 3

João Teixeira* Na noite escura da ditadura civil-militar (1964/85), de violência incerta e desmedida – além de Marighella, o valioso alvo-mor, foram mortos uma investigadora, um protético e ferido o delegado Tucunduva, coordenador da operação policial, desafeto do delegado Fleury, deixando um cheiro forte no Leia mais… »

Anos de chumbo A natureza inspirada do capitão Lamarca

João Teixeira* A esquerda armada, que Luiz Carlos Prestes chamara de “sarna do revolucionarismo pequeno-burguês”, produziu herois, vilões, espiões, torturadores, a “tigrada” implacável açulada por generais arbitrários e confiantes na ditadura como forma de governo. Prestes, Grabois, Apolônio, Marighella, Lamarca, entre outros expoentes da revolução Leia mais… »

Anos de chumbo – Heróis e vilões da época imaginária

João Teixeira* “Liberdade é liberdade, qualquer adjetivo que se acrescente a esta palavra é limitação, é negação da liberdade”. (Luiz Carlos Prestes, O Constituinte, O Senador, 1946-48). Deuses e demônios moldaram personagens inesquecíveis da resistência armada ao regime militar brasileiro. Prestes, Grabois, Cámara Ferreira, Apolônio, Leia mais… »