Anos de chumbo: A farsa no fim de Marighella – Parte 3

João Teixeira* Na noite escura da ditadura civil-militar (1964/85), de violência incerta e desmedida – além de Marighella, o valioso alvo-mor, foram mortos uma investigadora, um protético e ferido o delegado Tucunduva, coordenador da operação policial, desafeto do delegado Fleury, deixando um cheiro forte no Leia mais… »

Anos de chumbo A natureza inspirada do capitão Lamarca

João Teixeira* A esquerda armada, que Luiz Carlos Prestes chamara de “sarna do revolucionarismo pequeno-burguês”, produziu herois, vilões, espiões, torturadores, a “tigrada” implacável açulada por generais arbitrários e confiantes na ditadura como forma de governo. Prestes, Grabois, Apolônio, Marighella, Lamarca, entre outros expoentes da revolução Leia mais… »

Anos de chumbo – Heróis e vilões da época imaginária

João Teixeira* “Liberdade é liberdade, qualquer adjetivo que se acrescente a esta palavra é limitação, é negação da liberdade”. (Luiz Carlos Prestes, O Constituinte, O Senador, 1946-48). Deuses e demônios moldaram personagens inesquecíveis da resistência armada ao regime militar brasileiro. Prestes, Grabois, Cámara Ferreira, Apolônio, Leia mais… »