Movimento de Mulheres de SP denuncia aumento da violência e descaso do governo

VIOLENCIA CONTRA A MULHER

Por João Teixeira – Na madrugada do dia 3 de fevereiro, nasceu a 19º ocupação do Movimento de Mulheres Olga Benario em Arthur Alvim, Zona Leste de São Paulo, como uma importante ferramenta para denunciar a violência contra as mulheres e a inexistência de políticas públicas na região que conta com mais de 4 milhões de habitantes e apenas 3 Delegacias de Defesa da Mulher.

O imóvel estava vazio há anos sem cumprir função social e a partir de hoje funcionará como um espaço para organizar e acolher mulheres em situação de vulnerabilidade e vítimas de violência.

Com essa ação, o Movimento de Mulheres chama a atenção para o alto número de casos de violência de gênero e o descaso do governo e da prefeitura paulistas com essa parcela da população.

Pelo direito de viver e se organizar! Viva a Casa da Mulher Trabalhadora Damaris Lucena!