Campanha contra desinformação mira produtora de extrema direita “Brasil Paralelo”

Eles formam um coletivo de criadores de conteúdos políticos, científicos, históricos que combatem a desinformação, disseminação de notícias falsas (fake news) e discurso de ódio.

Trata-se do site “Brasil Parasita” que  lançou ontem, 3ª feira (02) se estendendo até o dia 09, campanha contra desinformação dedicada a desmascarar e desmentir as teorias da conspiração propagadas pelo canal  “Brasil Paralelo”, o coletivo reúne acadêmicos e mais de 20 produtores de conteúdo digital.

A campanha contra desinformação que também leva o nome “Brasil Parasita” está pululando  na Web, o trailer da campanha postado no canal https://brasilparasita.com/   dá letra sobre a verdadeira cara do “Brasil Paralelo”, a maior criadora e propagadora de conteúdos de extrema direita do país.

Rodrigo Kenji, o Normose diz que o coletivo está dando uma resposta ao “Brasil Paralelo” que, além de divulgar vídeos mentirosos sobre variados temas, processa quem crítica o conteúdo do canal.

No site do grupo https://brasilparasita.com/ a mensagem de apresentação diz: “

Nós estamos aqui, lançando o Brasil Parasita como um convite a um projeto de Educação e combate à desinformação. Nosso intuito não é atacar ninguém, pelo contrário.

Viemos como um coletivo na proposta de produzir conhecimentos que combatam o negacionismo e o obscurantismo. Além disso, temos como intenção, também, contribuir com a compreensão de como criar estratégias para identificar conteúdos desinformativos e aprender a lidar com essa disseminação em redes e mídias sociais.

Nosso nome tem como inspiração a relação ecológica de parasitismo, quando um ser vivo se associa na vida de outro ser vivo, aproveitando-se dessa relação. Em nosso Brasil Parasita, vamos acompanhar de perto, monitorando cada passo de desinformações, notícias falsas e discursos de ódio. Todavia, nossa ideia é inverter a lógica e, em nosso parasitismo, atuar desgastando e esvaziando desinformações, com educação, ética, ciência, responsabilidade social e uma pitada de bom humor (sempre que possível!).   Assista o trailler.

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info