Rede municipal de Ourinhos retomará com as aulas presenciais em junho

O calendário das aulas de 2021 foi já divulgado, mas o CME diz que pode recomendar para a secretaria alterações no ano letivo de acordo com o cenário pandêmico na cidade após avaliação da reunião no final de maio

 

Juliana Neves

 

No fim da semana passada, o prefeito, Lucas Pocay (PSD), anunciou datas sobre a volta das aulas na rede municipal. O novo calendário diz que entre o dia 17 a 28 de maio será o recesso escolar e as aulas presenciais voltam no dia 07 de junho com horário de 55 minutos hora/aula e com respeito de 35% dos alunos em cada turma.

Portanto, os professores deverão retornar para as unidades escolares presencialmente nos dias 31 de maio, 01 e 02 de junho para planejamentos e organizações, bem como a o acolhimento deverá ser feito também em modo presencial de todos os alunos.

Já os horários de estudos HE, HECs e HELEs continuarão remotos e os HEPPs devem ser cumpridos na unidade escolar. De modo mais detalhado, conforme o documento de normativa da Prefeitura Municipal, HEPPs e HELEs terão destino o planejamento, postagens e devolutivas das atividades em plataformas; HE terá destino ao trabalho com coordenador pedagógico e professor formador, para elaborar planejamento ou postagem; o HE será feito pelo diretor e as escolas disponibilizarão recursos tecnológicos se for preciso.

O documento ainda esclarece que “o horário de HEC, enquanto ocorrer de forma remota, deverá ser das 18h15 às 19h05, para facilitar o período de trânsito do professor, podendo o mesmo ser realizado na Unidade Escolar, caso seja insuficiente. Os HEs de acúmulo, também poderão ser adequados para facilitarem o trânsito do professor, podendo ter início às 18h15 e término nos horários já estabelecidos pela Resolução nº 11/2020”.

Sobre a plataforma utilizada pela rede municipal, o Google Classroom, todos os alunos deverão estar conectados, tanto os que escolherem o ensino remoto como os que irão participar do revezamento presencial. Os que não têm acesso à plataforma, deverão buscar as atividades impressas todas as quintas-feiras, devolvendo-as realizadas na próxima semana, sempre de quinta-feira. As atividades serão sempre iguais para todos os alunos, sejam de modo digital ou impressa.

E em negrito, no documento oficial, está destacado que “na Educação Infantil, o professor Polivalente não deverá ultrapassar duas (2) atividades e o professor de Educação Física uma (1) atividade por semana; No Ensino Fundamental I, o professor Polivalente não deverá ultrapassar cinco (5) atividades, sendo duas (2) de Língua Portuguesa, duas (2) de Matemática e, semanalmente, revezar uma (1) atividade de Ciências Humanas e Ciências da Natureza. Os professores de PEB II deverão postar uma (1) atividade de sua área semanalmente; No Ensino Fundamental II, os professores deverão postar uma (1) atividade de sua área semanalmente; e na EJA, o professor Polivalente não deverá ultrapassar três (3) atividades, sendo uma (1) de Língua Portuguesa, uma (1) de Matemática e, semanalmente, revezar uma (1) atividade de Ciências Humanas e Ciências da Natureza. Os professores de PEB II deverão postar uma (1) atividade de sua área semanalmente. […] Observação: O professor fará o levantamento dos alunos que não postaram o retorno das atividades e que não devolveram as atividades impressas, encaminhando-o aos respectivos gestores pelo e-mail da Unidade Escolar”.

Por fim, as demais determinações e regras de trabalho são específicas para o professor titular que foi afastado pelo decreto n° 7.364 de 02 de fevereiro de 2021, o professor de Atendimento Educacional Especializado (AEE), professor da Sala de Recursos Multifuncionais (S.R.M), professor de creche, professor de creche afastado pelo decreto n° 7.364 de 02 de fevereiro de 2021, professor substituto, professor substituto com aulas atribuídas, os gestores, coordenadores pedagógicos e outros profissionais da educação.

 

Conselho Municipal de Educação de Ourinhos (CME)

Em documento oficial do dia 30 de abril de 2021, o CME deliberou aprovação do calendário do ano letivo de 2021 do Ensino Fundamental I e II, Educação Infantil, Educação de Jovens e Adultos – EJA anual, Educação de Jovens e Adultos – EJA 1º semestre e Educação de Jovens e Adultos – EJA 2º semestre.

Entretanto, afirma que será realizada uma reunião do CME no dia 27 de maio para uma reavaliação da situação pandêmica em Ourinhos, e se for preciso o conselho irá recomendar para a Secretaria Municipal de Educação a realização de adendos no calendário, principalmente sobre a retomada das aulas presenciais.

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info