Governo federal anuncia conta de luz mais barata

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL)  decidiu reduzir os valores da bandeira vermelha nas contas de energia elétrica. A bandeira vermelha passará a ter dois valores: um de R$ 4,50 por Kw e outro de R$ 3,00, que passa a valer já nas contas de fevereiro.

A redução nos valores da bandeira vermelha será de cerca de 4% no total da conta de luz.

O sistema de bandeiras de energia nas contas de luz visa a compensar a produção de energia elétrica nas usinas térmicas, muito mais caras que as usinas hidrelétricas. Como as chuvas estão acima da média neste ano, foi possível o desligamento das usinas térmicas com custos acima de R$ 610 por MW.

Os leitores do Contratempo já haviam sido informados em 16 de janeiro das mudanças na oferta de energia no Brasil (https://contratempo.info/principal/650/), o que permitiu a redução dos preços de energia.

Na prática, nos mercados à vista, o preço atual de energia no atacado é de R$ 30,25 por MW, o que demonstra a atitude conservadora da ANEEL, que tem optado pela recomposição dos reservatórios. No entanto, os atuais preços do atacado já permitem vislumbrar uma redução de até 10% nas contas de energia até o final do ano, se a abundâncias das chuvas for mantida até o final do período úmido em abril.

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info