“Termina nesta sexta-feira o prazo para Ourinhos se inscrever no programa federal PAC Seleções. Por que isso é importante?”

 

Por Dr. Mário Ferreira, biólogo, farmacêutico bioquímico, especialista em laboratório clínico e MBA em gestão empresarial de Ourinhos.

As prefeituras podem apresentar seus projetos e receber recursos para a construção e a reforma de escolas, creches, quadras poliesportivas, unidades básicas de saúde, ambulatórios, farmácias centrais e outras obras que melhoram os serviços públicos e a vida das pessoas

O PAC Seleções é um programa do governo federal que vai destinar, em sua primeira etapa, R$65,2 bilhões para os municípios brasileiros para que sejam atendidas as prioridades de cada cidade. São obras que podem ser escolas, creches, quadras poliesportivas, unidades básicas de saúde (UBS), ambulatórios, farmácias centrais, enfim, são obras que melhoram os serviços públicos e a vida das pessoas.  Em uma segunda etapa do PAC Seleções, serão destinados mais R$70,8 bilhões, totalizando R$136 bilhões.

 

Para que cada governo estadual ou municipal seja contemplado, basta enviar suas propostas, de acordo com os editais abertos pelos Ministérios da Educação, da Saúde, das Cidades, da Cultura, dos Esportes e da Justiça e Segurança Pública, e o prazo para os municípios apresentarem suas prioridades e projetos se esgota no dia 10 de novembro. 

Seria muito interessante que o município de Ourinhos apresentasse os seus projetos, dando publicidade a eles para que possamos saber e acompanhar o que está sendo apresentado.

 

Esse apoio do governo federal chega num momento muito oportuno, pois recentemente vimos a prefeitura de Ourinhos anunciar um grande empréstimo para realizar reformas e obras em unidades básicas de saúde. 

É uma informação extremamente importante e precisamos cobrar que esses projetos sejam apresentados para que a população possa acompanhar o desenvolvimento. Isso especialmente tendo em conta que há informações sobre obras importantes que estão inacabadas em diferentes bairros da cidade, por exemplo, as obras de um posto de saúde e uma escola que foram iniciadas e abandonadas sem conclusão há mais de uma década no bairro Santos Dumont, e a construção da UBS no Conjunto Habitacional Professora Helena Braz Vendramini, que está abandonada desde 2013.

APOIE

Seu apoio é importante para o Jornal Contratempo.

Formas de apoio:
Via Apoia-se: https://apoia.se/jornalcontratempo_apoio
Via Pix: pix@contratempo.info